Introdução: Existe um mal do nosso século que inegavelmente rouba a nossa alegria, a paz, a vontade de viver.

Texto: Lucas 12. 22 – 31
Introdução: Existe um mal do nosso século que inegavelmente rouba a nossa alegria, a paz, a vontade de viver. É um mal que atravessa os séculos, ele não é um privilegio do homem moderno, mas que afeta ainda mais o homem moderno, mais que em outros tempos. Pois vivemos em meio a uma sociedade egocêntrica, ou seja, as pessoas só se preocupam consigo mesmo, ninguém se importa com as outras, vivem angustiadas com seus problemas. Muitas vezes preocupadas com coisas que nunca vão acontecer, preocupados com objetivos que podem nunca serem alcançados, o homem moderno fica tão envolvido com o seu trabalho, com seus afazeres, com seus problemas que esquecem que é Deus quem cuida da nossa vida. Esquecem que é Deus o maior interessado no nosso bem estar.
Esse mal pode ter vários nomes. Talvez apareça como estresse, depressão, ansiedade, preocupações. Enfim com uma infinidade de nomes.
Existem atitudes que podem e devem ser tomadas para que alguém enredado em preocupações possa sair deste poço. Existem coisas que você precisa saber que podem lhe ajudar a vencer as preocupações da vida.
No texto que acabamos de ler vemos o Senhor Jesus ensinando sobre a ansiedade, sobre as preocupações. Ele nos da pelo menos quatro razões para que não nos preocupemos.
V. 24 observem os corvos: não semeiam nem colhem, não tem armazéns nem celeiros, contudo, Deus os alimenta. Não tem vocês muito mais valor do que eles.
1. A sua vida é muito importante para Deus.
Jesus fala sobre coisas que o próprio Deus criou com todo carinho e que não passam por necessidades, porque o Senhor as sustenta. Ele fala das aves do céu, dos lírios do campo, os quais foram cuidadosamente desenhados por Deus, mas que não se comparam ao valor que Deus dá a você e a mim.
O homem moderno vive hoje em um mundo consumista, vive em um mundo materialista, onde a pessoa é julgada pelo o que ela tem, e não pelo que ela é, e os servos de Deus, não todos, mas muitos vivem preocupados em ajuntar riquezas, não que seja errado querer prosperar, muitos querem ostentar aquilo que não são, querem ter aquilo que o salário que ganham não permite, ai começa as dores de cabeça e as preocupações e isto faz com que nos afastemos de Deus.
Temos que entender que Deus quer cuidar de nós tem o desejo de resolver toda e qualquer dificuldade que viermos a ter, pois se assim não fosse seria em vão ele ter dado seu Único Filho para morrer em nosso favor. Ou será que Deus nos resgatou para depois dizer já dei a vida eterna para vocês e agora não precisam de mais nada. Se virem, de maneira alguma Deus vai fazer isto ele quer que tudo o que precisemos seja conhecido dele. É pela importância que Deus dá a você, que você não deve se render às preocupações que lhe roubam a paz.
Sl. 127. 1 – 2. Se o Senhor não edificar a casa, em vão trabalham os que edificam; se o Senhor não guardar a cidade, em vão vigia a sentinela. Inútil vos será levantar de madrugada, repousar tarde, comer o pão que penosamente granjeaste, aos seus amados ele o dá enquanto dormem.
V.25 – 26 Quem de vocês, por mais que se preocupe, pode acrescentar uma hora que seja a sua vida? Visto que vocês não podem sequer fazer uma coisa tão pequena, porque se preocupar com o restante.

2. Não há nada que você possa fazer para ajudar Deus a ser Deus.

Uma pesquisa mostrou que das razões pelas quais as pessoas se preocupam 50% nunca irão acontecer, 30% são sobre coisas que não podem ser mudadas (então pra que se preocupar?), 12% são sobre críticas e comentários feitos por outras pessoas (muitas vezes injustamente) e finalmente apenas 8% são de coisas que iremos realmente ter que enfrentar.

O problema do ansioso é que ele quer ajudar Deus a ser Deus. Fica tentando tomar as rédeas para resolver o problema. Veja o que Sara fez quando Deus prometeu a ela, que era já velha e estéril, que iria ter um filho. Ela resolveu “ajudar Deus”.
Mandou que Abraão tivesse um filho com a sua escrava Agar. Quais foram às conseqüências? Terríveis para a vida de todos na família de Sara e Abraão, e os efeitos acontecem até hoje em Israel. Os descendentes daquela relação de Abraão com a serva lutam até hoje contra os descendentes do filho de Abraão com Sara, Isaque. Deixe as rédeas nas mãos de Deus. Descanse em Deus e espere por Ele.

V. 32 não tenham medo, pequeno rebanho, pois foi do agrado do Pai dar-lhes o reino

3. Somos ovelhas de um pastor que é o dono das ovelhas.

“Não tenham medo, pequeno rebanho, pois foi do agrado do Pai dar-lhes o Reino”. Não somos ovelhas cuidadas por um “empregado”, somos ovelhas cuidadas pelo dono do rebanho. Isso faz muita diferença!
Temos que entender que Deus está no controle da nossa vida e quantas e quantas vezes nós repetimos aquele versículo tão famoso “O Senhor é o meu pastor e nada me faltará”, mas muitos e muitos somente dizem isto da boca pra fora, pois não esperam o pastor agir e saem desesperados buscando uma solução para as suas preocupações.

V. 29 – 31. Não busquem ansiosamente o que comer ou beber, não se preocupem com isso. Pois o mundo pagão é que corre atrás dessas coisas; mas o Pai sabe que vocês delas. Busquem, pois, o reino de Deus, e essas coisas lhes serão acrescentadas.
4. Deus cuida de você.

Como Deus vai poder cuidar de você se você não espera por ele, não aguarda que ele venha em teu auxilio, e faz tudo ao contrario, a palavra diz busquem pois o reino de Deus, e essas coisas lhes serão acrescentadas, buscamos primeiro ter muito dinheiro, roupas bonitas, nos preocupamos com a alimentação e depois se der tempo ou se não estivermos muito cansados iremos buscar o reino de Deus. E as promessas são para aqueles que confiam no Senhor.
Sl. 91.1 – 10 A pessoa que procura segurança no Deus Altíssimo e se abriga na sombra protetora do Todo-Poderoso
Pode dizer a ele: “Ó SENHOR Deus, tu és o meu defensor e o meu protetor. Tu és o meu Deus; eu confio em ti.”
Deus livrará você de perigos escondidos e de doenças mortais.
Ele o cobrirá com as suas asas, e debaixo delas você estará seguro. A fidelidade de Deus o protegerá como um escudo.
Você não terá medo dos perigos da noite nem de assaltos durante o dia.
Não terá medo da peste que se espalha na escuridão nem dos males que matam ao meio-dia.
Ainda que mil pessoas sejam mortas ao seu lado, e dez mil, ao seu redor, você não sofrerá nada.
Você olhará e verá como os maus são castigados.
Você fez do SENHOR Deus o seu protetor e, do Altíssimo, o seu defensor;
Por isso, nenhum desastre lhe acontecerá, e a violência não chegará perto da sua casa.
Deus mandará que os anjos dele cuidem de você para protegê-lo aonde quer que você for.

V. 33 – 34 vendam o que tem e dêem esmolas. Façam para vocês bolsas que não se gastem com o tempo, um tesouro nos céus que não se acabe aonde ladrão algum chega perto e nenhuma traça destrói. Pois onde estiver o seu tesouro, ali também estará o seu coração.
5 – Ajudem as pessoas que tenham necessidade.
É promessa de Deus que se ajudarmos o próximo de coração e não por interesse, ele Deus nos Dara total assistência.
Sl . 41. 1 – 3 Como é feliz aquele que se interessa PELO POBRE! O Senhor o livra em tempos de adversidade. O Senhor o protegerá e preservara a sua vida, ele o fará feliz na terra e não o entregara ao desejo dos seus inimigos. O Senhor o susterá em seu leito de enfermidade, e da doença o restaurará.

Conclusão
Por isso fica o convite a você nesta hora. confie em Deus e Ele fará o resto. É o que diz a Bíblia! Se você está cansado, oprimido, ansioso, deprimido, achando que a carga está muito difícil de carregar. Lembre-se que Jesus carregou a cruz por você!!! Deus o abençoe. Amém!
BORBOREMA 02/09/2007

Deixe sua opinião