Vítima de um estupro, esta jovem mulher decide dar em adoção o seu bebê mas sua decisão mudaria ao escutar a Palavra de Deus.

Lauran Bunting, uma jovem estudante que nunca imaginou que o homem com quem saia, o qual lhe mostrava grande respeito, acabaria lhe estuprando, deixando a grávida e em estado de choque. Lauran devastada não conseguiu esconder sua gravidez de seus pais, mas decidiu não lhes contar por vergonha de que foi estuprada. “Meu pai disse: Você tem que abortar“, explica Lauran.

noticias-gospel-abandonar-bebe-palavra“Eu não me lembro de alguma vez ter chorado tanto em minha vida.” Ela não achava que o aborto fosse o correto; de modo que seus pais decidiram que deveriam dar o bebê para adoção e ela aceitou. Ao fim de 12 semanas, houve um casal que queria adotá-lo. Mas certo dia, ao sair da sala de ultrassom, um dos voluntários se aproximou e entregou um cravo, juntamente com as palavras de Jeremias 29:11:

“Porque eu bem sei os pensamentos que tenho a vosso respeito, diz o Senhor; pensamentos de paz, e não de mal, para vos dar o fim que esperais”. Lauran não conseguiu conter as lágrimas, sabia que isso era um sinal de Deus. Ele estava falando com ela. Então, decidiu manter o bebê. Ela não sabia como eu iria fazer, mas ela estava determinada.

Lauran, perseverou e acabou dando à luz a sua linda filha Isabella. Hoje, Isabella está com 5 anos de idade, sendo muito amada por sua mãe e avós. “Deus não somente mudou meu coração, mas também o de minha família“, disse Lauran. Isabella sabe que tem um pai por aí, mas acima de tudo que Deus é seu pai, e ele será o melhor pai que jamais alguém poderia ter.  “Esta é a benção mais difícil que eu já tive“, disse Lauran, “e não mudaria isso por nada“.

Portal Padom

Deixe sua opinião