Quatro cristãos são presos em ataque à igreja durante culto

Cristãos são surpreendidos durante o culto, no momento em que pastor pregava a mensagem, por policiais do governo chinês, levando para prisão o pastor e mais três fieis.

0
167

Uma pequena igreja doméstica na província de Guangdong, no sul da China, foi invadida no meio de um culto no domingo, 10, onde foi preso o pastor da igreja Huang Xiaoning e três fieis que estavam no local.

Huang estava no meio de um sermão quando funcionários da delegacia local e do comitê de bairro invadiram a Igreja Reformada da Bíblia, localizada em Guangzhou, Guangdong, e exigiram que ele interrompesse o encontro. Em resposta, Huang disse que eles não haviam violado nenhuma lei.

As autoridades filmaram os membros da igreja, tiraram fotos deles e depois detiveram Huang, um cristão chamado Wang Chuanjun, e outros dois que trabalhavam na cozinha da igreja. Uma vez sob custódia, eles enfrentaram um interrogatório de uma hora antes de serem libertados naquela noite.

De acordo com uma mulher cristã de sobrenome Li, a igreja tem sido assediada muitas vezes antes.

Outros cristãos de Guangzhou relataram que muitas igrejas foram obrigadas a cancelar seus cultos ou sair de seus edifícios, mas como a cidade tem muitas igrejas e cristãos, a polícia opta por não usar medidas violentas e, ao invés disso, tem como alvo as igrejas menores.

Portal Padom

Com informações China Aid

Deixe sua opinião

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui