Início Noticias Gospel Internacional Professora egípcia corta o cabelo de duas alunas por não usarem o...

Professora egípcia corta o cabelo de duas alunas por não usarem o véu islâmico

82

JUNTE-SE AO NOSSO GRUPO no Telegram ou WhatsApp. Oferecemos o que há de mais relevante em notícias e conteúdo cristão 🤗

Uma professora de uma escola na cidade egípcia de Luxor cortou o cabelo de duas de suas alunas que se recusavam em usar o véu islâmico.

De acordo com a mídia local, a professora, que usa o niqab – véu islâmico que cobre o rosto -, disse que pediu a todas as suas alunas colocarem o véu, porque as leis islâmicas exigem que todas as meninas maiores de 10 anos de idade tem que colocar. “Nossas tradições religiosas nos torna obrigatórias”, disse ela.

A professora foi demitida e disse que “tudo começou como uma brincadeira quando eu disse as meninas (de 12 anos) que corataria o seus cabelos, se não colocassem o véu. Mas na quarta-feira um de meus alunos me deu um par de tesouras e eu cortei alguns tufos de cabelo”, confessou.

De acordo com a agência EFE, o diretor da escola também foi punido “por não ter tomado medidas necessárias imediatamente após o incidente acontecer”.

Enquanto isso, o Conselho Nacional de Mulheres tem condenado esta atuação, considerando que tem “violado as leis egípcias, dos Direitos Humanas e, em particular os direitos das crianças (…). Acreditamos que com o aumento dos Irmãos Muçulmanos (no poder), muitos radicais islâmicos se sentem mais poderosos em impor suas rígidas opiniões sobre a sociedade egípcia”, disse a organização.

Portal Padom

Deixe sua opinião