porta fechada
Dizem que quando Deus fecha uma porta ele abre uma janela, ou talvez outras portas, mas às vezes Ele planeja coisas tão grandiosas nas nossas vidas que, em vez de abrir portas ou janelas, Ele derruba uma parede, ou, se preciso for, derruba até muralhas... Somente para nos abençoar!

Sentei-me com meu computador no colo e o Google na ponta dos dedos. Certamente essa pesquisa seria frutífera e todos os meus problemas cardíacos seriam aliviados por uma confirmação do sempre experiente e onisciente mecanismo de busca. Digitei esta frase na caixinha de busca, “Quando Deus fecha uma porta, Ele abre uma janela.”

Depois de anos vendo essa frase naqueles cartazes bonitinhos com gatinhos empoleirados nas janelas, eu tinha certeza que esse pedaço de sabedoria era a verdade da Bíblia. Direito? Não havia canções dos anos 90 em nossas fitas mixadas que nos garantiam que, quando nos sentássemos em frente a uma porta fechada, Deus com certeza abriria uma janela de oportunidades maiores e melhores?

Meu amigo Google gentilmente me deu a notícia… “Quando Deus fecha uma porta, Ele abre uma janela” não está, de fato, na Bíblia. Não tenho certeza do que me preocupou mais: que esse conhecido clichê cristão não estivesse na Palavra ou o fato de eu não ter um bom motivo para minha temporada de acampamento em frente àquela proverbial porta fechada.

Três meses antes, sentei-me sonhando, planejando e criando minha agenda. Conforme eu fazia movimentos para colocar esses sonhos e planos em movimento, recebi abruptamente “não” ou “agora não” ou “de jeito nenhum!” O eco daquelas portas batendo em meu rosto ressoa em meus ouvidos até hoje. Depois de alguns meses e com o coração ferido, não pude deixar de reconhecer que o Senhor estava fazendo algo aqui. Eu não tinha certeza do que Ele estava fazendo, mas sabia que este era um momento crucial em minha vida e em minha compreensão de quem Ele é. Veja, sou muito bom em abrir portas e fazer as coisas acontecerem. No início da minha temporada de portas fechadas eu estava pronto com minhas botas de cowboy super fofas prontas para chutar as portas abertas e realizar meus sonhos e planos. Mas quando meus “pés” se cansaram de chutar sem sucesso, eu me rendi.

Senhor, eu entendo. Você me tem diante de um “não”. Eu vou sentar aqui e esperar. Não vou colocar minha cabeça para cima para espiar por aquela janela aberta na qual eu tinha certeza que você abriria agora. Faça do seu jeito. Eu me rendo.

Essa única oração mudou tudo. Deus me mostrou que o que Ele faria em mim durante este período de espera é de mais valor do que o que Ele faria ou não faria comigo. Eu encontrei liberdade naquele momento para colocar meus sonhos, planos e agenda na frente da porta fechada e comecei a buscar a Deus. Quero dizer, realmente busque a Ele por meio de Sua palavra e por meio de oração e adoração.

Você já se encontrou com o eco de portas fechadas – “não” e “ainda não” e “de jeito nenhum!”? Posso ter um momento para encorajá-lo diretamente por experiência? Abrace isso! Reserve algum tempo para pedir a Deus em oração …

  • O que preciso aprender sobre O SENHOR durante este período de espera?
  • O que preciso aprender sobre mim mesmo diante dessas portas fechadas?
  • O que SENHOR precisa desenraizar em meu coração e em meu espírito para me preparar se e quando disser “Vá!”?

Eu timidamente fiz essas perguntas também. Quando estamos lambendo nossas feridas de portas fechadas, certamente não é divertido ir fundo com o Senhor e buscar um propósito maior. Nosso Pai conhece nossas esperanças e sonhos. Ele também tem um propósito e plano de Reino maior e em Seus caminhos soberanos, o Senhor une os dois o tempo todo mantendo nosso terno coração. Nosso trabalho é sentar, esperar e confiar obedientemente em Seus caminhos. Esta é a Escritura que me convenceu de que esse trabalho interior é tão estimulante e valioso quanto minhas esperanças e sonhos – o que Deus faria comigo.

Eu sou a videira; vocês são os ramos. Quem permanece em mim e eu nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer. Se alguém não permanece em mim, é lançado fora como um ramo e seca; e os ramos são recolhidos, lançados no fogo e queimados. Se você está em mim e minhas palavras estão em você, peça o que quiser e será feito por você. Por isto meu Pai é glorificado, que vocês dêem muito fruto e assim mostrem ser minhas disciplinas . 9 Assim como o Pai me amou, eu também te amei. Permaneça em meu amor. 10 Se você guardar os meus mandamentos, você permanecerá no meu amor, assim como eu guardei os mandamentos de meu Pai e permaneço no seu amor. 11 Estas coisas vos tenho falado, para que a minha alegria esteja em vós e a vossa alegria seja completa. ”( João 15 : 5-11)

Enquanto eu permanecia, sentava-me sempre perto de Jesus, Ele fazia Sua obra em mim. Às vezes, a dor era insuportável. Oh, mas Sua mão gentil. Todos apaixonados …

Ele erradicou o orgulho.

Ele erradicou minha obsessão por controle.

Ele arrancou o orgulho um pouco mais.

Simplesmente permaneça. Reserve algum tempo para mergulhar em Sua verdade. Sente-se com Jesus em oração e permita que Deus use seu tempo de espera para levá-lo a um novo nível de fé , confiança, amor, misericórdia, alegria … seja o que for que Ele esteja fazendo EM você. Vai valer muito a pena. Confie em mim. Já passei por isso e cheguei ao outro lado. Estou melhor por isso e você também, meu amigo!

por: Sarah Martin
traduzido e adaptado por: Pb. Thiago D. F. Lima

Deixe sua opinião