Policial usa filosofia Jedi para combater crimes na Escócia

pam-flemingFã declarada de ‘Guerra nas estrelas’, a policial Pam Fleming, 45, diz “ser uma Jedi e ter orgulho disso”. Pam, que há 23 anos faz ronda nas ruas de Glasgow (Escócia), afirma já ter usado truques da filosofia Jedi para interrogar suspeitos, “com o objetivo de chegar à verdade”. Apesar disso, ela garante não usar “a força” para influenciar o que os possíveis criminosos fazem ou dizem.

Pam é uma das oito policiais de Strathclyde que preencheu uma ficha oficial dizendo que sua religião é Jedi – estima-se que mais de 400 mil pessoas sigam essa religião na Inglaterra.

“Minha fé me ajuda a combater o crime e a desordem nas ruas de Glasgow. Ser uma Jedi é um estilo de vida. Para mim, não é uma brincadeira. Amo os filmes ‘Guerra nas estrelas’ e o conceito de ser uma Jedi”, disse, segundo o jornal “Daily Mail”.

Ela afirmou ainda que chama o policial com quem trabalha nas ruas de Padawan, um aprendiz de Jedi. “Gosto dos princípios da filosofia, como a possibilidade de sermos parte de um plano.”

De acordo com a publicação britânica, a religião inspirada nos filmes prega que os Jedis compõem uma força poderosa que conecta tudo o que existe no universo. “A religião Jedi é inata para todos nós, acredita que nosso senso de moral é inato. Portanto, acalme sua mente e ouça a voz dentro de você”, diz o site oficial da religião.

Fonte: G1

Deixe sua opinião