Pastor Evelio Reyes é perseguido por homossexuaqis
O grupo de diversidade sexual alega em sua denuncia que o pastor Reyes prega em seus sermões que 'os homossexuais não entraram no Reino dos Céus'.
Pastor Evelio Reyes é perseguido por homossexuaqis
O grupo de diversidade sexual alega em sua denuncia que o pastor Reyes prega em seus sermões que ‘os homossexuais não entraram no Reino dos Céus’.

O Ministério Público de Honduras, juntamente com o Escritório dos Direitos Humanos, apresentaram na última quarta-feira, um pedido contra o pastor evangélico Evelio Reyes, sob acusação de ter praticado discriminação, ao pregar contra a homossexualidade.

Segundo o portal Acontecer Cristiano, Reyes, foi denunciado ao Ministério Público por ter supostamente proferido no púlpito comentários ‘discriminatórios e humilhantes’, contra os homossexuais e lésbicas.

No inicio de maio, a comunidade lésbica-gay hondurenha também apresentou uma denuncia no escritório dos Direitos Humanos, contra o candidato presidencial do Partido Anticorrupção (PAC), Salvador Nasralla, que em uma entrevista se pronunciou contra o casamento gay.

O grupo de diversidade sexual alega em sua denuncia que o pastor Reyes prega em seus sermões que ‘os homossexuais não entraram no Reino dos Céus’.

Reyes esta sendo acusado de discriminação contra quatro pessoas da comunidade LGBT, identificados como Erick Vidal Martínez, Víctor Manuel Gómez e duas pessoas identificadas como Claudia Esterman e José Hernández.

Em certo momento o pastor evangélico havia dito que ‘em nome de Jesus, amarramos todas tentativas da dar poder e autoridade através do voto a candidatos imorais, incompetentes, não votem em homossexuais, lésbicas, que corrompem os modelos de Deus e que os hondurenhos não votem nos inimigos de Deus´.

Deixe sua opinião