O evangelista Josh McDowell que tem ensinado e treinado crentes com a verdade bíblica por mais de 50 anos e que já se dirigiu a mais de 25 milhões de pessoas, dando mais de 27 mil palestras em 125 países.

Desde 1960, ele tem sido um escritor ou co-autor de mais de 147 livros.

Mas em entrevista à CBN News, McDowell disse que foi a Bíblia que mudou radicalmente sua vida depois que ele foi abusado sexualmente quando era uma criança.

“Na minha vida de seis a 13 anos, por sete anos, toda semana eu fui estuprado homossexualmente“, disse McDowell.

“Isso quase destruiu tudo na minha vida.”

McDowell conta sobre o abuso em sua autobiografia intitulada “Undaunted” (Destemido).

“Wayne começou a abusar de mim algumas semanas depois que ele começou a trabalhar para a minha família. A primeira vez que aconteceu eu tinha seis anos, e não tinha ideia do que estava acontecendo. Eu me lembro da sensação de confusão e vergonha, e mais tarde senti raiva nojo e um profundo sentimento de culpa. O abuso de Wayne e a manipulação emocional continuou ao longo dos próximos sete anos. ”

Seu testemunho também foi apresentado no programa Clube 700 CBN Inglês.

McDowell compartilhou que depois de se tornar um crente em Cristo, ele foi capaz de perdoar o homem, mas não foi fácil.

“Depois que me tornei um cristão, Deus me deu a compreensão da fé e perdoei o homem, eu queria que ele se queimasse no inferno, mas eu o perdoei“, disse à CBN News.

McDowell também discutiu como ele foi encontrando a cura e a liberdade com a ajuda de um pastor local, que o orientou usando as Escrituras.

“… por seis meses me encontrei com ele, ouvi compartilhei algumas das feridas profundas … Quando você está andando por um vale escuro e não há luz no fim, isso pode levar ao suicídio”, disse McDowell.

“Isso pode levar ao desespero e falta de esperança e uma vida sem esperança está em desespero. Então ele me ouviu. Ele abriu as Escrituras e em passagens relevantes para o que eu estava passando, a Palavra de Deus falou na minha vida de uma maneira que eu entendi e ele orou por mim e eu acreditava em tudo isso que o Espírito Santo estava trabalhando, mas isso levou mais de seis meses, literalmente, diante dos meus olhos, vi minha vida mudando, meus sentimentos, as minhas emoções, meu comportamento, minha atitude começou a mudar lentamente e agora estou falando nesta noite como curar a dor do passado”.

Ele admite que a cura foi um longo processo.

“Mas isso leva muito tempo e necessita da verdade relevante das Escritura Sagrada e do corpo de Cristo ao seu redor”, disse McDowell.

Portal Padom

Deixe sua opinião