O pastor John Hagee da Igreja Cornerstone em San Antonio, Texas, testou positivo para COVID-19 na sexta-feira.

Seu filho, o pastor Matt Hagee, fez o anúncio durante um serviço religioso online no domingo, acrescentando que seu pai está atualmente sob cuidados médicos.

Matt Hagee disse à igreja que seu pai de 80 anos está “se sentindo bem o suficiente para ficar frustrado com todos de jaleco branco e estetoscópio”, que os médicos e toda equipe da saúde usam.

Ele pediu à congregação que orasse por seu pai, e para as demais pessoas que estejam enfrentando COVID.

“Ele queria que eu lhe dissesse que cobiça suas orações e que pede que você ore por ele diariamente, não apenas para que ele tenha uma recuperação rápida, mas que espera vê-lo novamente em Cornerstone em breve”, acrescentou Matt Hagee.

Ao falar para a congregação, o filho de Hagee ressaltou que o coronavírus é uma dura realidade entre todos nós, mas ter fé em nosso Pai Celestial é fundamental.

“Como é uma realidade em nossas vidas, também temos a promessa de servir a um Deus que é um Curador”, acrescentou Matt Hagee.

O pastor John Hagee é o fundador e presidente da organização Cristãos Unidos por Israel (CUFI), que incentiva os americanos a defenderem Israel e o povo judeu.

Ele é um pastor de quinta geração e o 47º descendente de sua família a compartilhar o evangelho desde que imigrou da Alemanha para a América. 

O pastor John Hagee recebeu seu diploma de bacharel pela Trinity University, fez mestrado na North Texas University e estudou teologia no Southwestern Bible Institute.

Cornerstone é uma igreja evangélica não denominacional com mais de 20.000 membros ativos.

Deixe sua opinião