Pastor engravida 20 mulheres e diz que “era a vontade de Deus”

Noticias gospel – Uma história surpreendente chamou a atenção da imprensa nesses dias. Um pastor, identificado pelo nome de Timothy Ngwu, de 53 anos, foi preso na Nigéria pelo crime de abuso sexual. Ele havia se relacionado com ao menos 20 mulheres nigerianas alegando a elas que o ato era a “vontade de Deus”

98988560-7f28-11e5-9dec-6def6ee0f332_Pastor01Timothy Ngwu relatou a imprensa da Nigéria que segundo ele, estaria apenas obedecendo uma instrução de uma “ordem espiritual para realizar a vontade de Deus”, independentemente das mulheres serem casadas ou não.

Segundo autoridades policiais do local, ao menos 13 crianças de cinco garotas diferentes têm o pastor como pai. “Quando a mãe tinha o bebê, ela ficava com a responsabilidade pela criação”, continuou o policial.

Os crimes cometidos pelo pastor gerou revolta em sua esposa Verônica, quando o homem engravidou a sua própria sobrinha, segundo a mulher, ele convencia as moças de que esse era o caminho divino a ser seguido.

Verônica foi a responsável pela denuncia feita a justiça que colocou o pastor atrás das grades. Uma das vitimas, Calista Omeje e Assumpta Odo foram duas das mulheres que deixaram as suas famílias para viver com o pastor. Mãe de oito filhos, Odo revelou ao jornal que Ngwu engravidou ela e também a sua filha, que não teve a sua idade revelada.

O resultado da ação do pastor foi divulgado em toda imprensa da Nigéria, e a igreja que ele dirigia foi fechada pelas autoridades locais, já que o seu líder passara longos dias atrás das grades.

 

André Santos

Portal Padom

Deixe sua opinião