Início Noticias Gospel Internacional Pastor diz para ex-amante “Deus me disse se você não abortar você...

Pastor diz para ex-amante “Deus me disse se você não abortar você vai morrer”

Ele teve relacionamento extraconjugal com a mulher durante três anos e pediu que ela abortasse

0
815
Autoproclamado profeta, Kofi Danso é casado, tem duas filhas e sua esposa está grávida de gêmeos.

Kofi Danso, um autoproclamado profeta de Toronto e líder da igreja multi-campus ‘Miracle for All Nations’, no Canadá, supostamente advertiu uma fiel que Deus teria mostrado para ele que ela iria morrer se ela não abortasse seu filho.

Danso, que anteriormente negou ter tido um relacionamento íntimo com sua ex-amante e membro da igreja, Chris-Ann Bartley, foi desmascarado quando um exame de DNA deu a probabilidade de 99,99% de ele ser o pai do filho de 6 meses de Bartley, segundo publicou o jornal The Star.

Na tentativa de impedir que o caso viesse ao publico, o líder religioso entrou com uma petição para que tudo fosse mantido como sigilo, pois caso fosse divulgado, ele teria sua reputação e suas finanças prejudicadas. No entanto, o juiz do Supremo Tribunal de Ontário, Fred Myers, rejeitou.

Em uma decisão de 13 páginas no dia 17 de agosto, Myers explicou por que ele rejeitou o pedido de Danso. “A evidência da Sra. Bartley é que quando ela se aproximou do Sr. Danso para lhe dizer que estava grávida, ele pediu a ela para abortar. Quando ela rejeitou, ela diz que ele disse a ela que ‘o Senhor mostrou a ele que se ele tivesse um filho ela morreria’“, escreveu Myers.

O autoproclamado profeta que é casado com a RDA. JoAnne Danso e tem quatro filhas com ela, diz que ele foi chamado por Deus para ser um apóstolo e profeta “para levantar campeões e líderes na igreja do século 21“. Sua esposa está grávida de gêmeos.

Em uma declaração datada de 10 de julho, Danso disse: “Eu não tive relações sexuais com a réu“. Ele jurou que as afirmações de Bartley “são feitas de má fé para forçar-me a pagar pensão alimentícia pelo filho que foi feito por outro homem“.

Em sua decisão, Myers observou que “o Sr. Danso jura que ficou ‘chocado’ com o resultado do teste de DNA“.

Depois que o resultado do teste de DNA foi divulgado, Danso mudou sua declaração e agora afirma que foi seduzido por Bartley para ter um caso. Bartley diz que a aventura durou quase três anos.

O juiz decide que o autoproclamado profeta, parceiro de negócios de Brian Carn, não pode manter a identidade secreta no processo da paternidade.

“Mas agora ele admite ser seduzido pela sra. Bartley. Ele diz que, quando se casou, ofendeu seus votos matrimoniais e ficou com muito medo de admitir seu contato limitado com a sra. Bartley. Ele se referiu ao relacionamento como um erro que não deveria ter acontecido “, escreveu o juiz.

Bartley argumentou que é de interesse público manter o caso aberto e acessível no tribunal para ajudar os membros da igreja.Também conhecido por seus seguidores, supostamente por milhões, como “papai”, Danso se descreve como um homem de negócios com programas de rádio e televisão em todo o Canadá.

Deixe sua opinião

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui