Noticias gospel – Durante a operação da Policia Federal, deflagrada para combater as fraudes na concessão de seguro defeso pelo Ministério da Pesca, foram presos quinze pessoas envolvidas no esquema de corrupção. Entre os presos pela PF, está o vereador Raul Batista PRB, do município de Belém PA, que foi preso na quinta-feira(22) ao qual é pastor da Igreja Universal do Reino de Deus.

111111-22-10-2015-11-14-36Segundo investigações da polícia federal, o pastor é apontado como um dos líderes da quadrilha no estado. De acordo com a assessoria do vereador-pastor, um advogado que fará a defesa dele deslocou-se para a sede da Superintendência da Polícia Federal, em Belém, para acompanhar o depoimento dele.

Os mandatos de prisão foram cumpridos em Belém e em todo estado do Pará, onde as investigações mostraram que a prática criminosa começou no ano de 2014 e o esquema mostrou que uma associação criminosa agia fraudando informações para conseguir seguro defeso, benefício concedido para pescadores durante o período em que a pesca fica proibida para a reprodução das espécies de pescado.

O superintendente da Polícia Federal no Estado, Ildo Gaspareto, informou que os suspeitos devem prestar depoimento e ficar em prisão temporária por cinco dias. As prisões poderão ser prorrogadas de acordo com as análises das provas obtidas na operação.

Segundo informações da PF, o pastor usava a estrutura de seu gabinete na Câmara de Vereadores de Belém para receber pessoas que juntamente com ele estavam envolvidos na prática criminosa.

Leia também!  Leia a carta do advogado de Edir Macedo

O Ministério da Pesca foi comandado por um dos lideres da Igreja Universal, senador Marcelo Crivela que é sobrinho do líder da igreja, Bispo Edir Macedo, porém as investigações mostram que o senador não tem envolvimento algum no esquema, hoje o ministério e comandado pelo ministro Hélder Barbalho.

 

André Santos

Portal Padom

 

Deixe sua opinião