Pastor considerou vingança aos assassinos de sua esposa até que Jesus falou com ele

Pastor Davey Blackburn, revela que considerou vingar, mas Jesus lhe ajudou a superar a raiva após o assassinato de sua esposa

O pastor Davey Blackburn falou sobre como sua fé cristã o ajudou a superar a raiva “sombria” e “assustadora” que sentia pelos homens que assassinaram sua primeira esposa.

Amanda Blackburn foi morta durante uma invasão em sua casa em 2015 enquanto o marido estava fora. Ela estava grávida na época.  

Em um sermão sobre perdão no domingo, o pastor Blackburn, que se casou desde então, falou sobre as profundezas de sua dor e raiva depois da morte dela.

Ele descreveu como algo dentro dele estalou quando viu os homens acusados ??de assassinar sua esposa no noticiário. 

“Quando vi pela primeira vez no noticiário os caras que agora são julgados por terem matado minha esposa, como até aquele momento, eu estava lidando com muita tristeza. Apenas muita dor intensa, profunda, profunda”, disse ele.

“Mas quando vi seus rostos, imediatamente experimentei algo que nunca havia experimentado antes em minha vida. Senti uma raiva profunda, sombria, terrível e assustadora. Nunca experimentei isso antes e honestamente me assustou.” 

Ele admitiu que, se não tivesse visto o rosto deles, teria sido “muito mais fácil” perdoar o que havia acontecido. 

Durante o sermão, pregado na Mercy Road Church, Indiana, e transmitido no Facebook Live, o pastor disse que até imaginou em sua cabeça como ele poderia se vingar dos assassinos de sua esposa. 

Foi nesse ponto que ele se lembrou do perdão no coração da fé cristã. 

“Cara, eu não posso te dizer quantas vezes imaginei na minha cabeça, e se os investigadores, os promotores, e se eles … me deixassem entrar em uma sala com eles. O que eu faria? E comecei a imagine isso. Mas isso começou a me trazer para esse lugar realmente escuro e profundo de que eu não gostava e estava me destruindo”, disse ele.

“E então Jesus me lembrou sutilmente: ‘Davey, fui assassinado por seu pecado. Você, Davey, me matou e eu escolhi perdoá-lo.'” 

Três suspeitos foram inicialmente acusados ??do assassinato de Amanda, mas as acusações foram retiradas contra dois deles em um acordo judicial. O terceiro suspeito ainda está sendo julgado por seu assassinato.

Deixe sua opinião