JUNTE-SE AO NOSSO GRUPO no Telegram ou WhatsApp. Oferecemos o que há de mais relevante em notícias e conteúdo cristão 🤗

Nesta semana, o líder do ministério Gideões Missionários da Última Hora (GMUH), pastor Cesino Bernardino, admitiu durante um dos cultos do 32º Congresso Internacional de Missões, que acontece em Balneário de Camboriú, que vários pastores haviam comparecido ao evento embriagados e que no final das reuniões se encontravam com cantoras gospel em motéis.

Cesino-Bernardino-gideões-missionários“[Teve] gente que brincou muito, e vinha para esse púlpito fedendo a uísque, entendeu? Gente que vinha a esse púlpito e saía daqui e ia pro motel, brincando com gente que canta bonito também… Não brinque, porque Deus está tratando com cada um”, disse o pastor Cesino, “… Deus tá limpando, tá mostrando que a obra não para, Deus levanta outros.”, continuou o líder do GMUH.

“Descuidaram, facilitaram, brincaram, se envaideceram, se orgulharam pouco, manipularam e agora a glória de Deus se retira e eles ficam só como uma palha seca”, disse o presidente do evento que está em sua 32ª edição.

Bernardino acredita que esses pastores estavam assistindo ao evento arrependidos, se lembrando de quando pregavam para milhares de pessoas, espaço que hoje está sendo ocupado por outros pregadores.

Cesino lamenta ainda que é possível encontrar pastores que se perderam e caíram nas drogas. “Hoje é possível encontrar grandes pregadores com o nariz todo estragado com a cocaína. Grandes pregadores que vêm maltrapilhos, cheirando mal pedindo socorro”, afirma.

Comemorando a nova geração que surge, Bernardino pediu para que todos orassem pelos pastores que se perderam, para que eles se levantem e voltem a pregar com a mesma unção de antes.

“Não podemos esquecer ou virar as costas para eles também. Irmão, não vire as costas, o mundo está em agonia”, pediu o pastor líder do GMUH que orou pedindo para que Deus os socorra sem citar nome de nenhum para não deixar de ser ético.

Dias antes, o pastor e rapper Juninho Lutero, fez algumas denuncias, revelando o que acontece nos bastidores dos Gideões Missionários da Última Hora, onde segundo ele, os religiosos estão envolvidos com drogas e prostituição. Através da música  “Gideões: Prostitutas de Terno e Gravata”,  Lutero diz ainda que a organização do evento cobra R$ 50 mil dos interessados em pregar no evento.

Em um dos trechos da canção, Lutero diz que “Congresso dos Gideões é uma farsa, composta por pastores que cheiram pó e bebem cachaça. É claro que não falo de todos, mas homens de Deus ali dentro são bem poucos. Na verdade, Camboriú visa lucro e não missões. Zombam da fé alheia no palco dos Gideões”.

Ao tomar conhecimento dos comentários do pastor Cesino, o rapper comentou em seu perfil no Facebook que“Depois de provas e convencimento pelo Espírito Santo: o próprio líder dos Gideões admitiu publicamente que muitos pregadores subiram bêbados no altar e que se prostituíam com cantoras em motéis durante o congresso. Agora, vamos orar para que Deus sustente o pastor Cesino e lhe dê forças para dar um basta à babilônia eclesiástica que se tornou o GMUH. Vamos orar para que DEUS tome a direção mais uma vez deste congresso”.

A PALAVRA DE DEUS NOS DIZ QUE “Ai do mundo, por causa dos escândalos; porque é mister que venham escândalos, mas ai daquele homem por quem o escândalo vem!”Mateus 18:7

Portal Padom

Com informações Gospel Prime

Deixe sua opinião