Durante esta semana, diversos sites e redes sociais divulgaram que um pastor evangélico teria tido um caso extra-conjugal com uma cantora gospel, como resultado ela estaria grávida.

Segundo o jornalista Leo Dias, do jornal O Dia, a cantora Jossana Glessa engravidou do pastor Anderson Bravo, mas só descobriu a gravidez quando se separou dele e ele retornou para a sua ex-mulher. Nesse tempo ela está impossibilitada de trabalhar e até de publicar fotos nas redes sociais.

Nesta quinta-feira, o pastor que até então estava em silêncio, entrou em contato com o Leo Dias, confirmando tudo o que foi revelado pela matéria e disse que vai registrar a criança em seu nome, admitindo o pecado.

“Tenho 43 anos de idade e sou pastor há mais de 20 anos. A história publicada por vocês é verídica, mas tudo já foi resolvido no ano passado. Meu pecado fez mal à minha casa, a Jossana e à minha igreja. Tive um pecado, mas admiti o meu erro e fui disciplinado pela minha igreja. A criança vai ser registrada em meu nome e Jossana está sendo assistida nessa gravidez de risco”, disse o pastor.

Anderson também disse que a repercussão da matéria prejudicou o seu trabalho. “Não tenho salário. Vivo de oferta voluntária. Sou chamado para dar palestras em outras igrejas e essa repercussão negativa me prejudicou. Eu não fugi em nenhum momento da minha responsabilidade”.

Portal Padom

Deixe sua opinião