Este ano, por que não convidar o Espírito Santo para passar o Natal com você?

O Natal é um ponto alto no calendário cristão. Nós decoramos nossas casas e nos banqueteamos com nossas famílias. Nossas igrejas estão cheias de atividades, com programas de Natal, hinos de Natal e sermões sobre o bebê nascido em Belém. Então, na véspera de Natal, temos nossos serviços à meia-noite e presentes comerciais.

Honramos Maria e José, os sábios, os anjos e os pastores e o menino Jesus. Mas o que fazemos para honrar o Espírito Santo que concebeu Jesus (Mateus 1:18, Lucas 1:35)?

Muitas vezes o Natal é um deserto espiritual, como o Espírito Santo é ignorado. Nossos serviços podem se tornar mera recitação de tradição, nossa adoração formalidade sem vida e nosso foco transferido para presentes de Natal em vez dos dons do Espírito. Igrejas e ministérios fecham suas portas para os feriados, bloqueando tanto o Espírito Santo como os necessitados que precisam desesperadamente de Seu ministério.

Esquecemos que para alguns, a época de Natal é uma época de grande necessidade e dor. Os pobres têm necessidades materiais além de brinquedos e perus. Problemas familiares e problemas de saúde não desaparecem no Natal. E muitos não podem receber a alegria da estação por causa de relacionamentos e perdas quebrados. De fato, a época de Natal, quando muitos tiram férias do Espírito Santo, é muitas vezes a época em que Satanás lança seus ataques mais devastadores.

Em vez de ignorar o Espírito Santo, devemos recebê-lo no Natal. Foi Ele quem concebeu Jesus, e Ele que falou uma advertência a ambos Joseph e os sábios após o mais famoso dom na história. Os dons do Espírito Santo para nós nos dão mais poder do que aquele carro novo que você pode estar olhando e mais sabedoria do que qualquer iPhone. Depois, há o fruto do Espírito Santo: amor a alegria, a paz e os outros, que fazem a vida valer a pena.

Portanto, este ano, vamos convidar o Espírito Santo para estar conosco para compartilhar a paz e a alegria do Natal.

Porque o reino de Deus não significa comer e beber, mas justiça, e paz e alegria no Espírito Santo” (Rom. 14:17).

por: Ron Allen 
Traduzido e adaptado por: Pb. Thiago Dearo

Deixe sua opinião

).push({});