Noticias Gospel – o “Alzheimer espiritual” e a ‘esquizofrenia existencial’ daqueles que se esquecem de que estão para servir a outras pessoas, são apenas alguns dos 15 ‘pecados’ que o Papa Francisco decidiu denunciar na Cúria, em um discurso de Feliz Natal aos cardeais e monsenhores na Sala Clementina, no Vaticano.

“Os sacerdotes são como aviões, são noticias quando caem”, disse o pontífice nesta segunda feira, 22.

Na lista de pecados que Francisco espera ver “purgado” e ‘curado’ no ano que vem inclui o “terrorismo da fofoca, que é capaz de matar a reputação de nossos colegas e irmãos a sangue frio“. Outro perigo são as panelinhas que podem ‘escravizar os seus membros e tornar-se um câncer que ameaça a harmonia do corpo’.

O papa Francisco advertiu ainda contra a ‘doença da esquizofrenia existencial’, onde a pessoa vive uma dupla vida fruto da hipocrisia e vazio espiritual, se escondendo atrás de seus cargos ministeriais.

Outras ‘enfermidades espirituais’ citadas pelo site “Religião em Liberdade”, é o “Alzheimer espiritual” que leva as pessoas a viver em caprichos pessoais adorando “ídolos que fizeram com suas próprias mãos”.

Francisco também denunciou a patologia do narcisismo. Segundo ele, a religioso que não se autocriticar e se sente indispensável “é um corpo enfermo.”

Ele também apontou para os corações de pedra, quando se perdem serenidade e a vivacidade. Além disso, ele classificou como “mesquinhos e infelizes” as pessoas que só pensam no que querem obter, não no que se pode oferecer.

Também denunciou tanto ‘o carreirismo’, daqueles que cortejam os seus superiores para obter benefícios pessoais.

Portal Padom

Deixe sua opinião