Papa Bento XVI, ultimamente tem expressado a sua preocupação com o progresso das igrejas evangélicas e pentecostais. Em conseqüência disso tem atacado os evangélicos verbalmente, informou a EFE.

Em uma reunião com repórteres, abordo de um avião, que o levou a Cotonou, capital de Benin, na África, Bento, disse que conhece muito bem o protestantismo histórico, mas muito pouco do protestantismo evangélico.

Além de dizer que “as igrejas evangélicas e pentecostais estão crescendo porque expõem uma mensagem aparentemente compreensiva e uma a liturgia, participativa, sendo de fato, uma combinação de sincretismo religioso. Que irão garantir o sucesso, mas também envolve pouca estabilidade.”

No entanto, com tais expressões contra as igrejas evangélicas e pentecostais, o Papa reconhece o crescimento destes na África, ao ser perguntado como dar vitalidade a fé católica, o papa adverte que “não se deve imitá-los”.

Segundo o padre Mario Toro, diretor do departamento para promover a unidade e o diálogo da Conferência Episcopal o que está acontecendo é que há uma avalanche de católicos para as igrejas evangélicas, pelo conceito cristão em que a mensagem não é fácil , profundo e abrangente.

“O Papa nos exorta para que transformemos a nossa maneira de falar com as pessoas, para que façamos de uma maneira mais receptiva, um numa linguagem mais próxima, que compreenda as necessidades das pessoas” disse o padre Toro

Fonte: Portal Padom

Com Informações EFE e Noticias Cristiana

 

Deixe sua opinião

WhatsApp
Entre e receba as notícias e artigos do dia