Pai mata seu bebe chutando seus órgãos genitais e socos no rosto

0
347

Uma criança de um ano e três meses de idade faleceu nas mãos de seu próprio pai, que golpeou o seu rosto e testículos até a morte.

O triste incidente ocorreu no último dia 27 de setembro, no bairro de Esmeralda, na cidade de Zumpango, Estado do México.

Na manhã do dia seguinte do terrível crime, o corpo do pequeno Ían Tadeo já sem vida, foi encontrado por sua avó em sua casa. Ao ver o seu netinho, a senhora se desesperou e rapidamente chamou as autoridades, com a esperança de que algo ainda pudesse ser feito pela criança.

Mas, infelizmente os paramédicos da Proteção Civil que chegaram ao local, não puderam fazer nada pelo pequeno garoto, somente confirmaram a sua morte. Segundo os médicos, Ían, faleceu por uma broncoaspiração, pois os golpes que recebeu o impediram de respirar corretamente.

A mãe do menor, Ana Jazmín Juárez, declarou que estava ciente do abuso que seu filho sofria, mas ficou com medo de denunciar o seu marido. A mulher também disse que seu esposo deu um soco no rosto do menor e chutou os seus testículos.

Agora a mulher permanece a disposição do Ministério Público de Cuautitlan, aguardando sua punição pela Justiça. Já o agressor, que após cometer o crime, na manhã do dia seguinte foi ao seu trabalho, mas, até agora não voltou para casa e está foragido.

Cada vez mais comum os pais cometerem crimes contra os filhos

Infelizmente nos últimos anos, temos visto um grande crescimento no número de pais que tem cometido crimes contra a vida de seus próprios filhos. Recentemente noticiamos alguns casos que mostram como tem se cumprindo as passagens bíblicas em que Jesus diz que “por se multiplicar a iniqüidade, o amor de muitos esfriará.”.

Em um desses tristes casos, um homem teria orado a Deus e em seguida espancado o seu bebe até a morte e queimado o seu corpinho. Ele contou para a polícia, que matou a criança de 1 ano e 9meses, por sentir inveja da atenção que ela passou a receber da família, logo após superar o câncer.

Em outro caso uma adolescente sofreu abusos sexuais de seu próprio pai durante 2 anos, e uma mãe vendeu sua filha de apenas 10 anos de idade para um estuprador por menos de 5 reais e uma garrafa de vodca. Triste não é mesmo?

Deixe sua opinião