Neymar comemora apontando para o céu após marcar na vitória sobre o Equador
Neymar comemora apontando para o céu após marcar na vitória sobre o Equador

Após duas atuações apagadas nas primeiras partidas da Copa América, empates com Venezuela e Paraguai, o atacante Neymar contou com a fé para conseguir voltar a jogar bem pela seleção brasileira e ajudar o time de Mano Menezes a vencer o Equador. Ao menos é o que afirma o pai do jogador que atua pelo Santos, mas tem cada vez mais seu nome especulado no exterior.
“Ele é muito religioso. É muito apegado a Deus e orou muito para conseguir reverter as duas atuações ruins que teve antes do jogo com o Equador. Ele puxou isso da nossa família, que é muito religiosa. Deu certo e graças a Deus foi muito bem contra o Equador”, revelou Neymar da Silva, pai do jogador, ao jornal Marca Brasil.
O pai do jogador afirmou que desde a infância o jovem atacante busca inspirações principalmente nas músicas evangélicas e orações, o que costuma dar certo para Neymar, que antes do jogo contra o Equador postou em seu perfil no Twitter alguns trechos de uma música da cantora evangélica Jasmyle. “Acredite, é hora de vencer. Essa força vem de dentro de você”.
“Ele ouve muitas músicas com mensagens bíblicas. É daí que ele tira inspiração. Sempre que ele pode vai a cultos. Ele puxou isso da sua mãe que é muito devota”, explica o pai de Neymar.
Mesmo em evidência e por vezes polêmico em campo, Neymar mantém seus rituais religiosos. Recentemente a revista Veja São Paulo revelou que o jogador paga R$ 13 mil mensais de dízimo para a Igreja Batista Peniel.
“Temos que agradecer tudo que ele conseguiu a Deus, porque também enfrentamos muitas dificuldades”, finaliza o pai do jogador.

Uol Esporte / Portal Padom

Deixe sua opinião

Leia também!  Lenda paralímpica recusou o aborto apesar da pressão dos médicos