fé e drogasUm sacerdote católico, enfrentará um julgamento no estado de Connecticut, sob a acusação de ter vendido metanfetamina por 9.000 dólares e por lavagem de dinheiro.

Kevin Wallin, de 61 anos, comparecera no tribunal esta semana por ser culpado juntamente com quatro cúmplices. Segundo as investigações, Wallin vendeu varias gramas de metanfetamina altamente refinada para agentes secretos, que o investigava, pelo menos seis vezes. Também informaram que o sacerdote recebeu 400 gramas desta mesma droga em dezembro de seus contatos na Califórnia.

Segundo as fontes, o padre era proprietário de uma loja de brinquedos sexuais e outros acessórios para o uso de drogas, que supostamente foram utilizados em lavagem de dinheiro provenientes das vendas dos entorpecentes.

A diocese negou ter tido conhecimento da venda de drogas realizadas pela Wallin.

O detido foi afastado de suas funções na Catedral de Santo Agostinho, cidade de Bridgeport, em maio do ano passado, após ser descoberto que praticava atos homossexuais em sua casa na paróquia.

Uma fonte citada pelo “Connecticut Post ‘, disse o padre também” gostava de se vestir como uma mulher. ”

Portal Padom

Deixe sua opinião

Leia também!  Padre recusa dar comunhão a uma menina com síndrome de down