Padre agride pastor evangélico durante pregação evangelística

0
2862

Noticias GospelUm pastor evangélico foi agredido por um padre católico, enquanto pregava durante a realização de uma campanha evangelística em uma rua publica.

No vídeo publicado na internet pode-se ver :  “Qual é o seu obstáculo para não louvar a Deus, qual é o seu obstáculo para não se entregara Deus, toda a vida vai mal sem Deus, a vida sem Deus é ter maldição, por mais que queira o homem, ouça bem amado irmão, entenda o quão poderoso é este Evangelho…”, dizia o pastor evangélico Josué Isaías Ayala, quando nesse mesmo instante aparece o sacerdote,vestido com a batina e acompanhado por vários de seus fiéis, interrompe o pastor tirando o microfone de suas mãos e jogando.

No final do mesmo vídeo, o pastor Ayala explica que sofreu por parte do padre católico e seus fiéis, agressões físicas e verbal, e que o incidente ocorreu no dia 27 de março na Colonia Altavista  em Ilopango, um município localizado no departamento de San Salvador em El Salvador.

“Com o propósito de ganhar almas e que as gagues viessem aos pés de Cristo, às 6 da tarde fomos surpreendidos pelo padre católico e seus fiéis da cidade, os quais agrediram fisicamente e verbalmente o nosso grupo de irmãos que estavam reunidos, levando em conta que o nosso equipamento de som e câmeras que estavam sendo utilizadas foram severamente danificadas“,  diz o pastor.

“Não há dúvidas de que tudo o que está escrito na Bíblia tem se cumprindo por que a mensagem que queremos transmitir a todos os irmãos evangélicos e igrejas é para nos prepararmos, porque isto é uma perseguição, que a Bíblia nos diz em 1 Pedro 4 : 16: ‘Mas, se padece como cristão, não se envergonhe, antes glorifique a Deus nesta parte’. Pedimos a igreja  se unirem em jejum e oração para que isso não continue, quando nossas leis dizem que há liberdade e expressão de culto possa haver tranqüilidade e satisfação “, disse o pastor.

Josué Isaías Ayala é pastor da Igreja Evangelística Ultimo Chamado, no entanto não temos informações do nome do padre católico, e muito menos os motivos que o levaram a agredir o pastor evangélico no momento de seu sermão.

Portal Padom

Deixe sua opinião