JUNTE-SE AO NOSSO GRUPO no Telegram ou WhatsApp. Oferecemos o que há de mais relevante em notícias e conteúdo cristão 🤗

cama-solteiroO que a Bíblia realmente diz sobre aqueles que não são casados.

Tive o privilégio de pregar na igreja no último Dia das Mães. Senti-me privilegiada, pois sempre que posso falar de Jesus é um momento feliz. Mas também me senti desconfortável, pois tenho mais de 40 anos, sou solteira e não tenho filhos. O Dia das Mães é uma celebração destinada a mulheres que dirigem uma minivan e ouvem a gargalhada dos filhos no banco de trás – não é um dia destinado a mulheres como eu. Este dia é destinado a mulheres que acordam e desfrutam de um delicioso café-da-manhã preparado por um gentil marido – não para mulheres como eu, que acordam sozinhas. A comemoração é para mulheres cujos filhos adoráveis fazem esculturas de argila na escola dominical, com suas mãozinhas gravadas e a mensagem “Eu te amo, mamãe” – não para mulheres como eu, que fazem seus artesanatos inspiradas nos animais de estimação. Dizer que me senti deslocada seria pouco perto do que realmente senti.Apesar do fato de que ser solteira nos Estados Unidos não é algo atípico (o último censo revelou que existem mais mulheres solteiras, divorciadas e viúvas do que casadas), na cultura cristã, ser solteira ainda parece anormal. Já perdi as contas de quantas vezes alguém na igreja me perguntou: “Você tem filhos?”, ou “Onde está seu marido?”. Minha resposta preferida é: “Meu futuro marido está perdido e não quis parar para pedir instruções.” Em seguida vêm as risadas e a mudança de assunto, para que o foco não seja mais minha vida amorosa.
Às vezes me pergunto se os mitos acerca dos cristãos e dos solteiros não contribuem para fazer com que as mulheres sem a aliança na mão esquerda sintam-se deslocadas. A seguir, vamos ver algumas das teologias falhas acerca da vida de solteiro e buscar o que a Bíblia realmente diz sobre o tema.

Mito 1: Uma vez que a Bíblia fala que Deus é nosso esposo (Isaías 54.5; Jeremias 3.14), um marido na Terra não é tão necessário.
Bem, não cancele ainda sua inscrição no site de relacionamentos na internet. A palavra hebraica para esposo se refere mais a Deus como alguém que dirige seu povo do que como alguém que faz o trabalho pesado e deixa toalhas molhadas no chão do banheiro.
Enquanto as Escrituras falam sobre casamento como uma metáfora para descrever nosso relacionamento com Deus, esta realidade espiritual não nega o desejo de grande parte das mulheres, de encontrar um marido de carne e osso. Isto também nos relembra de que Deus criou o casamento no começo da história da humanidade, quando criou Adão e Eva. O casamento não é um prêmio de consolação para aqueles que “não têm força suficiente” para levar a vida sozinhos.

Mito 2: Uma vez que, de acordo com o apóstolo Paulo, ser solteiro é um dom, um presente (1Coríntios 7), mulheres cristãs espiritualmente maduras devem aceitar e se alegrar completamente nesta condição.
Eu considero estar solteira como um “dom, um presente”, quando posso dormir até mais tarde enquanto minhas amigas que já são mães, ainda de pijama, estão fazendo rodízios para levar as crianças para a escola; quando tenho a liberdade de escolher entre escalar uma montanha em vez de lavar roupa e especialmente quando posso me concentrar em meu estudo bíblico em vez de ser interrompida pela responsabilidade de fazer o jantar da família. Este benefício final é a razão pela qual a maioria dos teólogos diz que Paulo era tão entusiasta sobre a vida de solteiro. De forma simples, implica que estar livre das necessidades de um cônjuge ou dos filhos geralmente nos permitiria mais tempo (sem interrupções) para nos dedicar ao nosso Redentor.
Paulo também escreveu esta passagem durante um tempo de grandes dificuldades (1Coríntios 7.26) e de perseguição espiritual. Ele enfatizou que estar casado em circunstâncias como estas poderia aumentar o fardo, uma vez que lidar com a dor própria é geralmente mais fácil do que assistir ao amado ou à amada sofrer também.
Alguns cristãos realmente acreditam que possuem o “dom” de permanecer solteiro (a missionária Amy Carmichael e Madre Teresa sentiram o chamado para a vida de solteira e para o celibato).
Mas à luz do contexto de 1Coríntios, penso que o objetivo de Paulo era falar a respeito da praticidade em vez de atribuir aos solteiros um status especial. Talvez devêssemos parar de enxergar a vida de solteiro como um presente e reconhecer o verdadeiro prêmio: devoção a Deus, sem distrações.

Mito 3: Uma vez que Deus nos promete os desejos do nosso coração (Salmo 37.4), ele dará um marido ou uma esposa a quem verdadeiramente desejar.
Esta premissa distorcida sempre me incomoda. “Recortar e colar” uma passagem bíblica para provar um argumento é algo estúpido. Um de meus teólogos favoritos, D.A. Carson, sabiamente disse: “Todo texto fora do contexto é meramente um pretexto para provar um texto.” Em outras palavras, se não observarmos todo o quadro bíblico, distorceremos o significado e a aplicação da Palavra de Deus. E, infelizmente, distorcemos o verso “Ele atenderá aos desejos do seu coração” (Salmo 37.4) como se Deus fosse uma fada-madrinha.
No entanto, quando o Rei Davi escreveu estas palavras, ele não queria dizer que Deus nos tocaria com sua varinha de condão e faria com que todos os nossos sonhos se realizassem. Não ganharemos um marido e não teremos nosso metabolismo transformado só porque desejamos. Em vez disso, Davi exultou na provisão do Pai Celestial e na proteção que foi estendida para os fiéis. Antes de dizer que receberíamos algo, Davi nos alerta a confiar e deleitar no Senhor (Salmo 37.3-4). Este versículo não quer dizer que sempre vamos receber o que queremos, mas significa que podemos confiar que Deus nos dará o que realmente precisamos para nosso bem e para a glória dele.

Mito 4: Como a Bíblia diz que devemos nos alegrar em todas as circunstâncias (Hebreus 13.5; 1Timóteo 6.6-8), Deus não dará aos solteiros um par até que estejam totalmente satisfeitos e contentes em sua vida como solteiros.
Seguidores de Cristo obviamente devem estar em paz em qualquer circunstância, mas é bem provável que o contentamento completo não esteja acessível deste lado do céu. Eu celebro minha vida na maioria dos dias e amo a Jesus com toda a devoção que meu inconstante coração consegue, mas ainda não estou completamente satisfeita enquanto como comida congelada e assisto a um DVD sozinha no Dia dos Namorados. Às vezes gostaria de dividir tudo isto com um homem – de preferência um homem de Deus com um ótimo senso de humor, um coração generoso e aversão a gel no cabelo! Não sou necessariamente desleixada em meu relacionamento com Deus, sou simplesmente humana.
Em minha experiência, não importa de que lado da cerca matrimonial você esteja, a grama sempre parece mais verde do outro lado. Mulheres solteiras têm a tendência de imaginar que um bom homem poderia ser a solução de todos os seus problemas e mulheres casadas tendem a pensar que o marido é a causa da maioria de seus problemas. Em ambos os casos, atribuímos aos homens (presentes ou ausentes) muita responsabilidade em nossas vidas. O coração de nenhum homem é grande o suficiente para ir ao encontro de todas as nossas necessidades emocionais. Os ombros dos homens não são largos o suficiente para carregar todos os nossos fardos. Ao contrário do roteiro dos romances, nenhum homem (ou pirata) irá de encontro a todas as nossas expectativas, o tempo todo.
Solteiras, casadas, viúvas e divorciadas não são tão diferentes assim. Não importa o estado civil, se colocarmos nossa esperança em Jesus Cristo seremos amadas de Deus. Somos queridas de seu coração. Ele tem prazer em chamar a todas nós como suas. “Não tema, pois eu o resgatei; eu o chamei pelo nome, você é meu” (Isaías 43.1).
Então, se nos encontrarmos na igreja, por favor, não venha me dizer que só encontrarei um marido quando eu estiver finalmente satisfeita com minha vida de solteira ou que eu devo me alegrar e aceitar o presente da solteirice. Em vez disso, pergunte sobre minha história de vida, sente-se e aproveite o que ouvir! Porque, apesar de nossa diferença de estado civil, ainda assim temos muitas coisas em comum.

Lisa Harper é colunista da revista Today’s Christian Woman e autora de vários livros.
Fonte: Cristianismo Hoje / www.padom.com

Deixe sua opinião

JUNTE-SE AO NOSSO GRUPO no Telegram ou WhatsApp. Oferecemos o que há de mais relevante em notícias e conteúdo cristão 🤗