Obama reafirma seu compromisso com ampla reforma migratória

0
84

OBAMA imigrantesWashington, 19 jun (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, reiterou hoje sua promessa de impulsionar uma reforma migratória que dê a possibilidade de legalização aos imigrantes ilegais.

“Não devemos esquecer que os EUA foram construídos por imigrantes que fizeram de sua história, parte da história americana”, disse Obama, durante um café da manhã com ativistas hispânicos.O encontro, organizado pelo grupo Esperanza, o maior agrupamento evangélico dos EUA, reuniu em Washington cerca de 750 líderes religiosos e ativistas comunitários para fazer pressão para a reforma migratória.

O líder assinalou que os EUA são um país de leis e uma nação de imigrantes, “dois conceitos que não são contrários, mas se complementam”.

“Por isso estou comprometido com uma reforma migratória compreensiva”, afirmou.

Obama destacou a importância de fortalecer as fronteiras americanas para frear a imigração ilegal, mas também “melhorar o status dos milhões de pessoas que estão aqui ilegalmente”.

Com uma reforma integral, assegurou que os imigrantes ilegais poderiam ter a oportunidade de se transformar em cidadãos, que pagam seus impostos, falam inglês e vão para “as filas” para regularizar sua situação.

Esses são os elementos da reforma migratória que fracassou em 2007, por falta de consenso entre democratas e republicanos.

Obama foi criticado recentemente pela minoria republicana e por alguns ativistas hispânicos, porque a Casa Branca adiou duas vezes, em duas semanas, uma cúpula migratória prevista para este mês para discutir os pontos de partida desse plano de reforma.

A Casa Branca não marcou uma nova data para o encontro, nem divulgou a lista de convidados.

O governante começou seu discurso com um “buenos días” e ressaltou que se ele foi o primeiro líder afro-americano da história deste país, ele acredita que algum dia também haverá um “primeiro presidente hispânico”.

EFE/PADOM.COM

Deixe sua opinião

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui