“O ESPIRITO DO SENHOR DEUS ESTÁ SOBRE MIM, PORQUE O SENHOR ME UNGIU PARA PREGAR BOAS NOVAS AOS QUEBRANTADOS DE CORAÇÃO, A PROCLAMAR LIBERTAÇÃO AOS CATIVOS E A POR EM LIBERDADE OS ALGEMADOS; A APREGOAR O ANO ACEITÁVEL DO SENHOR” – IS.61.1-2
Os profetas são portadores da mensagem de Iavé e tiveram destaque importante no período dos reis de Israel que começou com a consagração de Saul como primeiro rei de Israel até chegar à Davi. A partir da divisão do reino(com a morte de Salomão) atuaram de forma mais incisiva quando o reino foi dividido(Reino do Norte, Israel e Reino do Sul, Judá). Os profetas lembravam a nação das suas obrigações para com Iavé.
Por volta de 730 a.C. Isaías entra no contexto da história do reino dividido e começa a atuar no reinado de Uzias, passando por Jotão, Acaz até ao rei Ezequias.
O nome Isaías significa: O Senhor deu a salvação ou O Senhor é a salvação. TEM ISAÍAS DE DEUS HOJE AQUI PRA VOCÊ IRMÃO!
Neste período, Isaías volta-se contra os governantes que em função dos seus pecados estavam levando a nação à ruína moral e espiritual: A monarquia era uma instituição sagrada e o rei era o principal líder religioso. Quando o rei fazia o que era bom aos olhos do Senhor, a nação era abençoada, caso contrário, sofriam as consequênciasdos seus pecados. Entre os pecados do povo estavam:
Lugares de cultos pagãos, idolatria, opressão dos ricos aos mais pobres, mulheres negligenciando suas famílias por prazeres carnais, sacerdotes e profetas que se “embriagaram” com o poder e a vaidade, estavam mais preocupados em agradar aos homens do que ao Senhor.

Podemos ver 2 propósitos de Iavé através do ministério profético de Isaías:
1º. – Declarar o DESCONTENTAMENTO de Iavé com o pecado de Judá, Israel e nações vizinhas e também o JULGAMENTO deste a estes povos.

Leia também!  O saleiro de Deus! – Crescimento Integral

2º. – Tirar o seu povo da DESOBEDIÊNCIA para evitar o desastre maior (Assíria contra Israel e a Babilônia contra Judá).

O ministério profético de Isaías é dividido em 3 fases:
1ª. FASE – PRÉ-EXÍLICA: TEMPO DA INVASÃO ASSÍRIA(740-700 a.C.) – PROFECIA DE DENÚNCIA DOS PECADOS E DE JULGAMENTO DO POVO(AOS QUE ESTAVAM EM PECADO):
Onde o povo estava prestando cultos hipócritas, a ponto do profeta dizer que o povo honrava a Iavé com seus lábios, mas o seu coração estava longe do Senhor, palavra esta mais tarde mencionada pelo Senhor Jesus em MC.7. Faziam sacrifícios inúteis, praticavam a injustiça e ao invés de viverem na presença de Deus, tornaram-se pessoas com tendência para o mal e para a idolatria.

2ª. FASE – EXÍLICA: EXILADOS NA BABILÔNIA (600-539 a.C.) – PROFECIA DE ESPERANÇA, CONSOLO E PAZ (AOS AFLITOS): 100 ANOS ANTES ANUNCIA CIRO REI DA PÉRSIA COMO O UNGIDO POR DEUS PARA RECONDUZIR O RESTANTE DO POVO DE VOLTA A SUA TERRA:
O ministério profético de Isaías focaliza agora um ponto de luz acima dos pecados do povo. Convoca o povo a parar com as injustiças, com a busca pelo prazer carnal, a não confiar no seu braço, a abandonar a religiosidade.
Ciro representava uma salvação imediata, mas havia uma salvação eterna.
O auge desta fase é quando o profeta declara o cap. de numero 53 – O SACRIFÍCIO VICÁRIO DO MESSIAS.

3ª. FASE – PÓS-EXÍLIO: OS QUE RETORNARAM À TERRA (539-500 a.C.) – O CUMPRIMENTO DA PROFECIA DE ESPERANÇA DE CONSOLO E DE PAZ:
Isaías convoca o povo a renovar sua aliança com o Senhor e evitar os erros cometidos no passado.

Chegamos então em IS.61.1.2 – Aqui Deus nos revela a essência do ministério profético de Isaías e quem escreveu estes versículos (não foi o próprio Isaías) conseguiu captar, sentir na pele esta essência: EXORTAÇÃO – CONSOLO – CURA – SALAVAÇÃO):
O Espírito do Senhor Deus está sobre mim.
O Senhor me UNGIU (MASHACH) Costume de esfregar com óleo para consagrar pessoas santas ou coisas sagradas:
Você é CONSAGRADO por Deus, você é SAGRADO para Deus!

Leia também!  O Desafio de Abraão: Não perder o foco da promessa.

Uma pergunta que não quer calar: O QUE VOCÊ TEM FEITO COM A UNÇÃO QUE DEUS LHE DEU?
Temos visto muitas pessoas que foram ungidas por Iavé fazendo da unção Dele um meio para se ganhar dinheiro, muito dinheiro! Pessoas que estão comercializando a fé do povo, estão preocupados em vender seus DVD´s, seus CD´s, estão preocupados com o valor da oferta que vão ganhar. Pessoas que estão utilizando a unção de Deus para alcançar posição social, cargos políticos, notoriedade, realização de vontades próprias, quando o evangelho nos ensina que aquele que quer seguir a Cristo, tome a sua cruz, negue-se a si mesmo e siga-o.
Temos nos deparado com pessoas que estão pregando um triunfalismo inconsequente porque o foco é a prosperidade e não mais o ganhar almas para Cristo, ver pessoas salvas.

Nós fomos chamados irmãos e irmãs que lêm agora estas palavras, para pregar boas-novas. Pregar boas novas é pregar o Evangelho, pregar o Evangelho é pregar a Cristo e pregar a Cristo é pregar a vida, mas infelizmente temos visto muita gente pregando abismos que levam à morte.
Fomos chamados e ungidos para pregar boas novas aos quebrantados. Há muitos quebrantados neste mundo à espera de alguém que tenha a unção de Deus para resgatá-las, mas quem quer ir ao mundo e buscar estas pessoas?
O grande problema é que tem pessoas usando a UNÇÃO para serem reconhecidas pelos DONS, mas Deus procura aqueles que querem ser reconhecidos pelos FRUTOS.

Curar os quebrantados de coração.
Proclamar libertação aos cativos e pôr em liberdade os algemados.
A apregoar o ano aceitável do Senhor.
LC.4.17-21 Mostra o mestre Jesus na sinagoga diante dos chefes e ao darem o Livro para Jesus abrir, Ele abre justamente no capítulo 61 de Isaías e começa a proclamar esta Palavra. Quando chega no versículo 20 ele pára no ANO ACEITÁVEL DO SENHOR e fecha o Livro.

Leia também!  Quem é o Espírito Santo?

Porque Jesus fechou o livro no Ano aceitável do Senhor e não pronunciou “E o dia da vingança do nosso Deus?”.
Porque o dia da vingança fala do dia do juízo, da segunda vinda de Cristo.
O ANO ACEITÁVEL DO SENHOR é o momento, é o tempo que estamos vivendo. Vivamos este momento para pregar boas novas aos quebrantados, para proclamar libertação aos cativos, para profetizar liberdade aos algemados.
Vivamos como o grande apóstolo falou: “Já não vivo mais eu, mas Cristo vive em mim”.
Se Cristo vive em você, é sinal de que você foi ungido por Deus para fazer a vontade Dele e não a sua. Você foi ungido para pregar boas novas, para ser instrumento de Deus para abençoar.
Não se preocupe com o que há de comer, beber ou vestir, busque primeiro a vontade de Deus e todas essas coisas vos será acrescentada, pois os sinais seguirão os que crêem.

VOCÊ NÃO ESTÁ AQUI À TOA, VOCÊ ESTÁ AQUI COMO A VOZ PROFÉTICA DE CRISTO NESTA TERRA. Jesus, as boas-novas do REINO DE DEUS, a Salvação).

Nele, por Ele, para Ele.

Pr. André Lepre

Deixe sua opinião