Cremação é pecado?
Cremação é pecado?

Meu marido e eu gostaríamos de ser cremados após nossa morte. Nossas famílias não aprovam. Existe uma escritura que nos apoiará em nossa decisão? O que a Bíblia diz sobre a cremação?

Pode não dar a você a confirmação de que você precisa, mas aqui está sua resposta sobre o que a Bíblia nos diz sobre a cremação – pelo que posso dizer, não há nenhuma passagem bíblica que tente dar orientações sobre procedimentos aceitáveis ??de sepultamento. Não importa a prática de sepultamento que se siga, os resultados são sempre os mesmos: “Pó em pó, cinzas em cinzas.” Jó reiterou a disposição final do corpo em Jó 34:14-15: “Se ele pusesse o seu coração contra o homem, e recolhesse para si o seu espírito e o seu fôlego, Toda a carne juntamente expiraria, e o homem voltaria para o pó.

Os antigos egípcios embalsamavam os corpos para retardar a decomposição e se preparar para a vida após a morte.

No Israel do primeiro século, os corpos eram enterrados no dia da morte! Um pedaço de pano de 18 metros de largura era enrolado ao redor do falecido enquanto todos os tipos de especiarias eram borrifados nos embrulhos para reduzir o fedor de decomposição. Os corpos foram então colocados em cavernas ou sepulcros de pedra.

Em tempos mais recentes, é comum embalsamar um corpo antes do enterro para atrasar a decomposição por tempo suficiente para que a família pranteie o falecido e dê tempo para que amigos e parentes de fora da cidade cheguem antes do funeral.

Os procedimentos de sepultamento estão mudando rapidamente na cultura de hoje. Muitas pessoas estão se voltando para a cremação como a disposição corporal de escolha. Um dos principais motivadores dessa mudança é o custo astronômico de um “funeral tradicional”. Os custos para embalsamar, comprar um caixão e comprar um pedaço de terra para colocar o caixão são proibitivos para muitas famílias.

A única diferença de longo prazo entre embalsamamento e cremação é o tempo. A cremação apenas acelera o processo.

Perspectiva Bíblica sobre Cremação

Você pode fazer bem em investigar por que sua família não aprova sua escolha de cremação. Talvez eles considerem a cremação como não bíblica. No entanto, como vimos, a cremação nunca é um assunto bíblico. Aqui estão algumas outras preocupações dos cristãos sobre a cremação.

1. Talvez eles estejam preocupados que quando Jesus retornar no Arrebatamento e os corpos dos cristãos mortos há muito tempo sejam ressuscitados e transformados em corpos espirituais – que você não terá um corpo para ressuscitar. Francamente, desde o primeiro século, a maioria (senão todos) os corpos agora são pó de qualquer maneira. Visto que Deus é grande o suficiente para produzir uma ressurreição mundial, Ele certamente pode fazer um corpo espiritual de apenas um grão de poeira – ou menos.

2. Talvez sua família o queira em uma sepultura cheia de caixões para que possam ter um lugar para se lembrar de você e de sua vida juntos. Esse desejo é natural e normal.

Recentemente, observei famílias abandonando os caros caixões e túmulos ao escolher a cremação. Eles então compram um pequeno terreno no cemitério para enterrar as cinzas. Outros espalham as cinzas sobre um local previamente combinado e significativo para o falecido. Alguns guardam algumas cinzas em um pequeno medalhão como um lembrete simbólico de seu ente querido. Algumas cinzas residem em urnas funerárias sobre mantos de lareira.

Com tudo isso dito, lembre-se de que seu corpo ainda é seu corpo. Discuta abertamente com sua família que deseja dispor de seu corpo da maneira que for mais confortável para você. No seu caso, isso é cremação.

Minha mãe acabou de trocar seu cemitério ao ar livre por um mausoléu interno. Ela decidiu que estava desconfortável com a ideia de que iria cair no chão com os “vermes e larvas!” Então, ela começou a se preocupar que acima do solo um tornado poderia atingir o mausoléu! Ela queria mudar de volta; mas ela finalmente decidiu que os vermes eram piores do que os tornados.

Se você se sente mais confortável com a cremação, recomendo que o faça.

Pessoalmente, quero meu corpo cremado. Escolhi quatro campos de golfe onde quero que minha família espalhe minhas cinzas.

Recentemente, nossa igreja ergueu um columbário com pequenos nichos para urnas funerárias de cinzas. Está na parede externa da nova capela. Recentemente, Julie e eu exumamos as cinzas de nossa primeira filha do cemitério Evergreen e as colocamos em uma urna no nicho na fileira superior esquerda do columbário. Estou pensando em mudar de ideia. Eu só posso ter minhas cinzas colocadas no nicho com Jessie.

Afinal, a parede da capela soa como um ótimo lugar de descanso final enquanto esperamos pelo som da trombeta da ressurreição. Jessie e eu poderíamos até ficar de mãos dadas durante a subida!

O Salmo 103:15-17 é uma passagem da Bíblia que nos dá uma grande perspectiva sobre a cremação – ou sobre qualquer outra prática de sepultamento:

A vida do homem é semelhante à relva; ele floresce como a flor do campo,
que se vai quando sopra o vento e nem se sabe mais o lugar que ocupava.
Mas o amor leal do Senhor, o seu amor eterno está com os que o temem, e a sua justiça com os filhos dos seus filhos,”

Salmo 103:15-17

Bem, espero que isso ajude. Tenha uma ótima conversa com sua família.

Teólogos aplicam as Escrituras à cremação

“Na verdade, as Escrituras não dizem nada sobre os modos exigidos de sepultamento para os crentes. A prática padrão no Antigo Testamento e no Novo Testamento era o sepultamento. Saul e Jônatas foram cremados pelos israelitas após suas mortes, mas essa não era uma prática normal em Israel. Seus corpos foram mutilados pelos filisteus, portanto, foi tomada a decisão de cremar e, em seguida, enterrar as cinzas (1 Samuel 31: 8-13 ). Acã e sua família foram cremados após sua execução por terem pecado contra Israel, o que novamente aparece ser uma exceção às práticas normais de sepultamento entre os israelitas.” – John MacArthur, Grace to You

“Embora haja evidência bíblica para sepultamento em vez de cremação, ainda é uma preferência, e os cristãos não devem condenar outros cristãos que escolheram a cremação … O sepultamento é, portanto, equiparado a” semear a semente do corpo “e” é a imagem bíblica da crença na ressurreição do corpo.” Piper também diz que a cremação pode ser considerada antibíblica devido às muitas referências da Bíblia ao inferno e ao mal estarem associados ao fogo. “O uso do fogo para consumir o corpo humano na terra foi visto como um sinal de desprezo. Não foi um tratamento glorioso do corpo, mas desdenhoso”, escreve Piper

por: Dr. Roger Barrier

traduzido e adaptado por: Pb. Thiago D. F. de Lima

Deixe sua opinião