“‘ninguém deita remendo de pano novo em roupa velha; doutra sorte o mesmo remendo novo rompe o velho, e a rotura fica maior.
E ninguém deita vinho novo em odres velhos; doutra sorte, o vinho novo rompe os odres e entorna-se o vinho, e os odres estragam-se; o vinho novo deve ser deitado em
odres novos.”Marcos 2.21-22
Quando eu era menina,deitava a cabeça sobre o travesseiro e antes de dormir,deixava minha mente divagar ,ali eu era exatamente quem eu queria ser,a aparência ideal,a postura ideal,e como romântica incorrigível que eu era(embora um dia Deus tenha corrigido isto equilibrando este romantismo para a medida certa)o rapaz de quem eu gostava,tão platonicamente,em meus devaneios sempre gostava de mim.
Era bom aquele subterfúgio da realidade,me relaxava e aproximava o sono,levava embora as tristezas e o cansaço do dia…mas eram só sonhos ilusionistas.
A verdade é que nada muda enquanto na vida real não andarmos na direção da mudança.Um covarde será sempre um covarde enquanto não superar situações que o fariam recuar.Um mentiroso será sempre um mentiroso,enquanto não decidir que falará a verdade custe o que lhe custar,um preguiçoso será sempre um preguiçoso enquanto não começar a cumprir suas tarefas mesmo não sentindo a esperada disposição para elas,um tímido será sempre um tímido enquanto não aprender a andar de cabeça erguida,olhar nos olhos das pessoas,falar com tom de voz firme,rir do próprio nervosismo…
Para que o novo venha sobre nossas vidas,precisamos mudar a roupa da nossa alma,o recipiente.Se estou decidida a ser mais calma,a solução ideal não é virar-me para outros e dizer ”Pare de me provocar porque estou decidida a ser mais calma”,e sim fazer um acordo comigo mesmo dizendo ”não importe o quanto me provoquem hoje,não vou me enraivecer,não vou revidar”.
O Senhor já sabia que teria um longo trabalho pela frente quando chamou a cada um de nós,não foi um improviso da parte Dele dizer”vinde como estão e eu vos transformarei”,não é o mesmo que dizer”Ah,vem assim mesmo que esta bom..”….Ele realmente falou sério quando usou o termo TRANSFORMAÇÃO.
Ela é necessária mesmo nos detalhes aparentemente mais insignificantes,porque serão estes detalhes que os mais críticos vasculharão em nós quando começarmos a falar de Jesus,pois segundo Ele,somos suas testemunhas,seus embaixadores,seus representantes aqui na Terra.
Vós sois as minhas testemunhas, diz o SENHOR, e meu servo, a quem escolhi; para que o saibais, e me creiais, e entendais que eu sou o mesmo, e que antes de mim deus nenhum se formou, e depois de mim nenhum haverá.Isaías 43.10
Quando o Senhor lhe destacar,quererão saber se você é um bom pai tanto quanto parece ser um bom cristão,uma boa mãe,marido ou esposa,um bom filho,um bom amigo,um trabalhador caprichoso no que faz,se a verdade anda com você em todo tempo,se suas escolhas são sempre de carácter irrepreensível,se sua aparência condiz com o evangelho que você prega..enfim,nada do velho homem,de roupas velhas e remendadas com um pedacinho de pano novo chamado Jesus.Nada de um odre velho,para um vinho tão precioso,um conteúdo tão maravilhoso,chamado Jesus…quanto mais mudanças,internas e externas deixarmos Deus fazer,mais bela será a roupa nova,mais transbordante do bom vinho será o odre.
No que diz respeito a mim,ainda estou mudando..ainda sinto as mudanças substituindo permanentemente o velho eu..e isso é maravilhoso.Cada dia me pareço mais com a pessoa que sonhei ser,porque tenho deixado meu Mestre jogar fóra o que é velho e imprestável,para dar lugar ao novo…e você?

Enviado a Padom por: Ismael Machado

Portal Padom

Deixe sua opinião