Nova Constituição do Egito poderá proibir partidos religiosos

0
110

soldados-política-egitoO projeto da nova Constituição egípcia poderia expulsar os partidos religiosos do campo político, segundo informou a revista ‘Ahram Online’.

A Constituição de 2012 foi elaborada sob o antigo regime da Irmandade Muçulmana para garantir benefícios para os islamitas e a última palavra no futuro político do Egito, e agora deve mudar“, disse a revista Aharam Online uma fonte próxima da comissão técnica que durante mais de um mês reviram a Constituição

Com base nessas declarações, a fonte revelou para a revista que os membros da comissão chegaram a um consenso para introduzir na nova Constituição uma proibição contra os partidos políticos baseados em razões religiosas.

Segundo a fonte, após ter sido submetido por quase um mês para revisão, os membros da comissão concluíram que “mudanças fundamentais devem ser introduzidas na Constituição de 2012, apoiado pelos islamitas“.

Entre outras alterações importantes citam a possível anulação da proibição do Partido Nacional Democrático, de Hosni Mubarak.

Segundo declarou o presidente da comissão técnica, Ali Awad, numa conferência de imprensa no domingo, o novo projeto de Constituição pode ser anunciado na próxima quarta-feira. No dia 3 de julho o chefe do Exercito egípcio, o general Abdel Fattah al-Sisi ,anunciou a derrubada do presidente Morsi, a suspensão temporária da Constituição ea dissolução do Parlamento.- rt

Portal Padom

Deixe sua opinião

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui