Nem todas as crianças abortadas vão para o céu, diz pastor

0
922

Notícias gospel – Em um programa chamado “Qual é a pergunta?”, que é produzido pela Igreja Batista Internacional de Santo Domingo, na República Dominicana, o pastor Miguel Nuñez respondeu a seguinte pergunta: “O que acontece com os recém-nascidos que morreram ou foram abortados? Vão para o céu? ”

“Na realidade é que a maioria dos teólogos entendem que as crianças que são abortadas, as crianças que morrem em uma idade muito jovem, que elas vão para o céu porque morreram sem atingir a idade da responsabilidade pessoal, não tenho essa opinião, respeito a opinião de alguns desses teólogos que eu admiro, mas acredito que a palavra é clara para mim em Efésios, 1, que a eleição de uma pessoa a salvação ocorre antes da fundação do  mundo e se ocorre antes da fundação do mundo a salvação ou não dessa pessoa, não tem nada a ver com a idade em que essa pessoa morre, mas Deus soberanamente e por razões que nós não temos conhecimento e uma eternidade anterior, mas com conhecimento da história de todo o homem, fez uma eleição para salvação dessa pessoa, não importa se morre com a idade de cinco anos ou se morre com a idade de quarenta anos e essa é a razão pela qual eu acredito que realmente somente Deus conhece qual é o destino final de uma criança que morreu desta maneira…”, diz o pastor no vídeo.

O pastor Miguel Nuñez possui mestrado em Teologia da Southern Baptist School Biblical Studies e sua posição é baseada em Efésios 1, onde contem a famosa doutrina da predestinação. Segundo a GotQUestions, diz que “a objeção mais comum desta doutrina da predestinação é que é injusta. Porque Deus escolheria certos indivíduos e outros não? O ponto mais importante que devemos recordar é que nenhum de nós merecemos ser salvos, porque todos pecaram (Romanos 3:23) e todos merecemos o castigo eterno (Romanos 6:23)”.

O que você acha sobre este assunto? Deixe o seu comentário abaixo, ele é muito importante para nós!

Portal Padom

Deixe sua opinião