A pergunta responde-se a si mesma, uma vez que o próprio Jesus denominou o templo Casa de oração. Na ocasião em que os vendedores de aves e animais para o sacrifício o faziam no interior do Templo, Jesus os reprovou e alicerçou a sua reprovação virando as mesas dos cambiadores.
Embora a venda fosse lícita e a troca de moeda estrangeira pela nacional fosse justa, o local é que não era apropriado. Sabiamente, nossos templos têm lugares especiais para a venda de livros, discos, objetos úteis aos irmãos e cantina onde os que moram mais longe e permanecem mais tempo a serviço da Casa de Deus possam fazer lanches, sendo também essa uma forma de contribuir para a obra do Senhor, quando essas vendas não se transformam em usura e proveito próprio de quem as faz.

Extraido do Livro:
A Bíblia Responde CPAD

Portal Padom

Deixe sua opinião