Mulher que derrubou o papa havia tentado atacá-lo em 2008, diz Vaticano

0
65

A mulher que burlou a segurança na basílica de São Pedro do Vaticano nesta quinta-feira (24), enquanto o papa Bento 16 entrava no local, e o derrubou no chão já havia tentado atacá-lo há um ano atrás, informou Federico Lombardi, porta-voz do Vaticano.A tentativa também ocorreu na Missa do Galo, mas em 2008. Na noite de ontem, no entanto, vestida com um top vermelho, ela conseguiu pular a barreira que separava o público de Bento 16 e, pouco antes da Missa começar, caiu no chão de mármore da basílica, derrubando o papa, 82. Ela foi detida pela polícia do Vaticano, e descrita como “instável”, mas ainda não foi identificada.

Bento 16 levantou-se e celebrou a Missa normalmente, aparentemente sem ferimentos. No entanto, o cardeal francês Roger Etchegaray, 87, que também sofreu uma queda no incidente e possui a saúde frágil, foi levado ao hospital, onde foi constatada uma fratura no fêmur.

Missa

Em seu sermão dirigido a mais de 10 mil pessoas dentro da maior igreja da cristandade, o papa aconselhou os fiéis a redescobrirem a simplicidade da mensagem de Natal.

Ele contou a história do nascimento de Cristo em uma manjedoura em Belém, e pediu aos católicos que pusessem de lado as complexidades e os encargos da vida cotidiana e redescobrissem o caminho para Deus.

“Em todos as formas, Deus pode chegar até nós uma e outra vez, para que possamos conseguir escapar da confusão de nossos pensamentos e atividades e descobrir o caminho que conduz a ele”, disse Bento 16″.

Fonte: Folha Online / Padom

Deixe sua opinião

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui