Mulher fica tão “elétrica” que atrai objetos de metal

0
89

Médicos dizem que alto grau de eletromagnetismo pode ser causado por estresse

Vários tipos de metais – como moedas, alfinetes, ímãs, chaves e até a tampa metálica de um pote de vaselina – ficam grudados por até 45 minutos na pele de Brenda Allison porque, aparentemente, ela tem um alto grau de eletromagnetismo em seu corpo.Dependendo da época do mês, Brenda atrai alguns objetos e repele outros, de acordo com a carga elétrica (positiva ou negativa)Médicos dizem que esse alto índice de eletromagnetismo pode ser causado por altos níveis de estresse.

Quando a energia eletromagnética de Brenda está no máximo, ela não consegue dançar em casa sem que eles sejam atraídos na direção dela, revelou o jornal inglês Daily Mail nesta quinta-feira (19).

Na infância, o corpo de Brenda fazia alarmes de carros dispararem, desligava a TV e apagava lâmpadas. Os pais dela pararam de lhe comprar relógios depois de perceber que seu campo magnético interferia no mecanismo.

Todo ser humano tem um campo eletromagnético que flui pelo organismo, mas a maioria das pessoas não tem consciência de sua presença. Brenda, hoje com 50 anos, disse que notou os efeitos de seus eletromagnetismo quando estudava na escola de enfermagem.

Os médicos disseram a ela que seu magnetismo pode ter sido causado por altos níveis de estresse e recomendaram realize atividades relaxantes.

O corpo de Brenda emite uma carga negativa ou positiva, dependendo da época do mês. O que significa que ela pode repelir alguns objetos e atrair outros, e vice-versa, dependendo da carga.

R7 / Portal Padom

Deixe sua opinião

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui