SÃO PAULO – A muçulmana Ahlam Saifi, que disse ter sido impedida de concluir uma prova de renovação da carteira de motorista no sábado após se recusar a tirar seu véu, conseguiu finalizar o teste na manhã desta segunda-feira em São Bernardo do Campo, no ABC. Segundo o Detran, a dona de casa foi aprovada.

A muçulmana afirma que foi impedida de terminar a prova no sábado porque não quis retirar o véu que usava por motivos religiosos. O caso foi parar na polícia. Uma investigação foi aberta no 1º DP de São Bernardo do Campo.

A avaliação já tinha começado no Centro de Formação de Condutores (CFC) quando Ahlam Saifi disse que uma funcionária a informou que ela só poderia continuar o teste se tirasse o véu.
– Falaram que nenhum aluno pode entrar de boné, de gorro, com alguma coisa que não tenha como identificar.

G1 / Portal Padom

Deixe sua opinião