F. LaGard Smith - Mortes pelo Covid-19 e o 'plano de Deus para minha vida'
F. LaGard Smith - Mortes pelo Covid-19 e o 'plano de Deus para minha vida'

Com mais de 1.804.995 de mortes no mundo, mais de 347 mil americanos mortos e quase 193 mil brasileiros mortos por doenças relacionadas ao Covid-19, virtualmente todos nós fomos tocados de alguma forma. O que é mais impressionante sobre o COVID-19 é sua pura imprevisibilidade, incluindo quem ele afirma como vítimas, como alguém o obtém e por que afeta as pessoas de tantas maneiras diferentes – especialmente aqueles que morrem e aqueles que não morrem.

“Condições subjacentes” não parecem ser o único fator decisivo entre a vida e a morte, nem apenas a idade e – apesar das proporções díspares – nem mesmo a raça. Tudo isso concentra o foco em duas questões relacionadas à sabedoria convencional entre os crentes.

A primeira é a noção de que “Deus a levou” ou “era sua hora de ir”. Claramente, Deus encerrou certas vidas no dia de sua escolha (pense em Moisés, Elias, até mesmo Jesus!), Mas Deus literalmente desceu ao nosso mundo para “levar” aqueles que morreram de COVID, enquanto permite outros para sobreviver? É Deus um Ceifador calculista, decretando a hora e a maneira de nossa morte, ou Salomão estava certo ao dizer que “o tempo e o acaso acontecem a todos nós” (Ecl. 9:11)? Se Deus realmente “leva” aqueles que morrem, não é de se surpreender que alguns culpem Deus pela perda de um ente querido.

A segunda questão se estende à primeira: Deus tem um plano para minha vida? Muitos crentes estão convencidos de que sim – especialmente aquela promessa sedutora de “prosperar você”. Essa crença funciona bem em países do Primeiro Mundo para aqueles que vivem vidas com conforto e facilidade, mas é menos bem-vinda quando aplicada em países do Terceiro Mundo. É realmente o plano de Deus que milhões morram de fome ou de falta de cuidados médicos – ou pior, nas mãos assassinas de terroristas ou governos malignos?

“Eu sei os planos que tenho para você” (Jer. 29:11) rapidamente empalidece além de nossas fronteiras seguras e ricas … e nas clínicas de aborto. É o plano de Deus que cada bebê abortado morra no útero? Mortes e abortos de COVID destacam o perigo de tirar passagens fora do contexto. Deus ter planos para seu povo em cativeiro não é o mesmo que acreditar que Deus planejou quem seriam nossos pais, onde viveríamos ou com quem nos casaríamos. Embora qualquer uma dessas coisas possa vir de Deus, simplesmente não pode ser o plano de Deus que uma criança seja abusada sexualmente, ou que uma determinada pessoa acabe sendo viciada, ou se torne o “homem-bomba do dia de Natal” de Nashville.

Sim, Deus tem planos específicos para indivíduos ao longo de “sua história”. Mas o fato de que a vida de Davi foi especialmente escolhida para cumprir os propósitos de Deus para Israel não significa que Deus planejou a vida de Davi (incluindo um caso de adultério e um assassinato encoberto). Se talvez Deus tenha um plano para usar você ou eu para algum propósito do Reino, nossos pecados deliberados, com certeza, não fazem parte de nenhum plano divino – exceto o plano mestre de Deus para salvar pecadores por meio da morte eternamente planejada de Cristo.

E o objetivo deste exercício? Se cada morte de COVID foi predeterminada como parte do plano de vida de uma pessoa, as máscaras e o distanciamento social não podem fazer a menor diferença. Poderia, então, essa horrível pandemia fornecer um bom motivo para parar de falar tão levianamente sobre o “plano de Deus para minha vida” e realmente transformá-lo em realidade – levando-nos a levar mais a sério nossa responsabilidade pessoal pela segurança dos outros?

Para quem deseja um projeto de vida, pode-se fazer pior do que o versículo de ouro: “Aja pelo bem de seus vizinhos, assim como você gostaria que eles em troca”. O pensamento preocupante de hoje? Se Deus não está “levando” aqueles que morrem de COVID, será que estamos?

por: F. LaGard Smith
traduzido e adaptado por: Pb. Thiago D. F. de Lima

Deixe sua opinião


Mais conhecimento da Bíblia em menos tempo?
Não sei se você é uma dessas pessoas que tem dificuldades de entender a Bíblia. Eu já fui e sofri muito! Mas não me dei por vencido, não me deixei ser derrotado pelos inimigos. E você, como anda sua leitura da Bíblia? Seu entendimento? Que tal melhorar nessa área da sua vida espiritual, aprendendo a entender assuntos da Bíblia de forma simples e rápida, ajudado por quem já superou as mesmas dificuldades que você enfrenta? Clique aqui agora e pegue seu Manual de estudos exclusivo