Missionários são presos na Índia por pregarem o Evangelho

Noticias Gospel – No estado de Madhya Pradesh, norte da Índia, três missionários foram detidos por forças de segurança do governo indiano por anunciar o evangelho em uma aldeia.

Os missionários foram surpreendidos pelos policiais que os levaram presos quando eles se preparavam para exibir um filme que fala sobre a vida e a morte de Jesus Cristo.

843080Segundo autoridades locais, os missionários Stephen Rajkumar, de 40 anos, Anil Kumar 28 e Harilal de 20 estavam pregando o evangelho através de uma organização missionária chamada Sociedade Missionária Evangélica de Cristo que mantém vários trabalhos na Índia.

Os missionários foram acusados pelas autoridades de violar as leis contida na tabela do governo local que proíbe a conversão das pessoas para qualquer outra religião que não seja o hinduísmo.

Todo o material evangelístico foi apreendido pela policia. A Organização que os três missionários pertencem já contratou advogados para defendê-los e alegou perante a justiça que os missionários de seu quadro pessoal não apenas pregam o evangelho, mas também fornece vários serviços a população, serviços esses na área de saúde e educação e o trabalho da Organização são reconhecidos no país a cerca de 40 anos.

Em outras ocasiões, um missionário Stephen Rajkumar foi seqüestrado e espancado por suas atividades missionárias.

Embora a lei anti-conversão ainda não é um fato definitivo na Índia, as autoridades procuram impor a lei a todo o custo e evangélicos são ameaçados e marginalizados, uma vez que os hinduístas defende o mesmo desejo de impor sua religião para violar a liberdade religiosa de qualquer outra religião.

Atualmente muitos cristãos são espancados diariamente na Índia, porém a igreja evangélica continua com seu trabalho literalmente forte no país hindu. Seja um missionário no campo de batalha, se não puder ir, contribua, se não puder contribuir financeiramente, seja um intercessor, porém faça alguma coisa!

André Santos

Portal Padom

Deixe sua opinião