JUNTE-SE AO NOSSO GRUPO no Telegram ou WhatsApp. Oferecemos o que há de mais relevante em notícias e conteúdo cristão 🤗

Um missionário cristão sobreviveu milagrosamente a uma enxurrada de tiros disparados pelo Estado Islâmico, que os atacou fortemente em uma emboscada. Enquanto a incursão estava ocorrendo, o missionário clamou a Deus por proteção.

Dave Eubank, um missionário americano, trabalhava na equipe médica dos Free Burma Rangers (FBR), dando apoio à unidade do Exército iraquiano, comandada pelo tenente Husssein, enquanto lutavam de rua em rua para expulsar os jihadistas do Estado Islâmico na cidade de Mosul.

Eubank conta como ele sobreviveu ao ataque terrorista, que ocorreu em 18 de maio de 2017, quando eles estavam cercados. Seu trabalho era ajudar a evacuar civis da cidade, mas quando se viu no fogo cruzado, cercado pelos combatentes do Estado Islâmico, começou a gritar em nome de Jesus. Nesse momento ele ouviu os gritos de Allah Akbar de três terroristas que vieram correndo e atirando para onde ele estava.

Dave Eubanks, do FBR, depois de sobreviver à emboscada do EI em Mosul.

Imediatamente ele sentiu uma dor no braço esquerdo e viu que muito sangue estava saindo. Ao lado dele estava ferido o tenente Hussen, que havia sido baleado três vezes no peito, dois tiros no braço esquerdo e um na perna esquerda. Naquele momento algo inesperado aconteceu. “Eu sei que foi Deus quem nos ajudou, eles simplesmente saíram“, disse o missionário.

Com a ajuda de Zau Seng e Justin, Eubank conseguiu se levantar e tirar Hussein da rua. Enquanto os combatentes do Estado Islâmico estavam escondidos, eles continuaram atirando. Enquanto a equipe da FBR estava ajudando Hussein, o missionário orava.

Depois de esperar mais de 20 minutos, chegou o blindado do exército iraquiano para pegar os feridos e levar para um hospital. Apesar de ter sido baleado a queima roupas, Hussein sobreviveu surpreendentemente. Os médicos disseram que foi um verdadeiro milagre. Um deles disse: “Eu nunca vi ninguém sobreviver a ferimentos como esse, só Deus poderia tê-lo ajudado”.

Hussein se recuperou e foi a procura de Eubank para agradecê-lo. Ele sobreviveu, embora tenha sido afetado os movimentos do braço comprometidos.

“Ele lembrou-lhe o poder da oração e disse-lhe que muitas pessoas estavam orando por seu trabalho lá. Nossa equipe reuniu-se em oração por ele e pediu que Deus nos protegesse “, testemunha Eubank.

Ao retornar aos Estados Unidos, o missionário está testemunhando essas histórias nas igrejas, contando o milagre que aconteceu com ele e Hussein, graças ao poder da oração.

Portal Padom

Deixe sua opinião

JUNTE-SE AO NOSSO GRUPO no Telegram ou WhatsApp. Oferecemos o que há de mais relevante em notícias e conteúdo cristão 🤗