Missionário austríaco é assassinado na África do Sul

0
96

Um missionário austríaco de 78 anos da Congregação dos Missionários de Mariannhill, Padre Ernst Plöchl, foi assassinado na província sul-africana do Cabo.
O religioso, que desempenhava a sua missão na África do Sul há mais de 40 anos, “foi encontrado morto na manhã de domingo, na isolada missão de Maria Zell” – declarou à agência austríaca Apa, Andreas Rohring, porta-voz dos missionários de Mariannhill.O porta-voz acrescentou que ainda não são claras as circunstâncias do crime, pois na missão não existe nem mesmo telefone. Primeiramente, as autoridades locais disseram que o missionário foi morto a tiros; depois, que teria sido enforcado. O missionário administrava uma escola de 400 alunos em Matatiele, uma cidade no sul do país.
Padre Ploechl é o terceiro sacerdote católico assassinado na África do Sul este ano. O país – segundo a agência Fides – tem um dos mais altos índices de crimes violentos do mundo: todos os dias, em média, cerca de 50 pessoas são assassinadas.

RV/www.padom.com

Deixe sua opinião

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui