Missa e lágrimas por Isabella

0
81

isabellinardoniMorte da menina atirada pela janela em São Paulo completa um ano; principais suspeitos vão a júri popular.
O primeiro ano da morte da menina Isabella Nardoni foi lembrado numa missa na manhã deste domingo (29) na Igreja Nossa Senhora dos Prazeres, na Zona Norte de São Paulo. A garota foi atirada pela janela do apartamento onde morava, em Vila Guilherme, bairro de São Paulo, ao que tudo indica, pelo próprio pai, Alexandre Nardoni, e pela madrasta, Anna Carolina Jatobá. O crime provocou comoção nacional.

No ato religioso, tanto a mãe da menina, Ana Carolina Oliveira, como todos os parentes e amigos estavam vestidos com camisetas com a foto de Isabella. A Promotoria prevê que o julgamento do pai e da madrasta de Isabella será marcado para o segundo semestre deste ano. Esta semana, a Justiça decidiu que os dois suspeitos irão a Júri popular. Os dois estão presos há 11 meses em penitenciárias de Tremembé, a 147 km da capital paulista.

Deixe sua opinião

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui