Paradoxalmente, ligada a três letras X, – sinônimo de pornografia, com a palavra em inglês “church” (igreja).

Dez anos atrás, o pastor Craig Gross fundou o ministério cristão “XXXChurch“. Seu objetivo era de que Deus veio para as pessoas que consomem e trabalham na indústria da pornografia.

Para este fim, Gross e sua equipe alugaram um stand em uma grande convenção pornô em Las Vegas em 2002. Desde então, eles não pararam de ir aos festivais de cinema para adultos em todos Estados Unidos.

Deus na “cidade do pecado”

XXXChurch, explicam que não vão para os festivais pornôs ou nas cidades como Las Vegas, a que definiram como “Sin City” (Cidade do Pecado) para fazer uma igreja, mas vão para “ser uma Igreja”. Eles falam de Deus para os turistas e trabalhadores das salas de strip-tease. “Queremos mostrar a Cristo para cada pessoa em Las Vegas, sejam pessoas ricas, turistas ou recém-casadas”, afirmam.

Além de percorrer cidades, o ministério cristão, também opera suas atividades na internet. Definem-se como “o primeiro site projetado para conscientizar e ajudar os afetados pela pornografia”. No site pode ser visto depoimentos em vídeos, artigos e dicas que imprimam valores como o arrependimento e a ordem da compreensão.

Desde sua criação o ministério XXXChurch, tem doado milhares de livros que em sua capa tem a frase  “Jesus Loves Porn Stars”  (Jesus ama as estrela pornô). Ao abri-lo, a pessoa se encontra com um exemplar do Novo Testamento. Explicando que não pretendem dar um sermão, mas começar uma conversa individual com aqueles que os cercam e lhe oferecer uma alternativa cristã para o seu modo de vida. “Se você está na indústria pornográfica ou viciado nisso, estamos aqui para ajuda-lo”, diz Gross.

Leia também!  Fornicação: Negociando o corpo

Portal Padom

Traduzido e adaptado de CBN por Portal Padom

Deixe sua opinião