Médico pró-aborto é assassinado a tiros dentro de igreja dos EUA

0
75

george-tillerDuas semanas após o presidente Barack Obama discursar sobre o aborto em uma das principais universidades católicas dos EUA, um médico norte-americano conhecido por ser defensor da prática é assassinado. George Tiller, de 67 anos, foi morto a tiros neste domingo (31) dentro de uma igreja luterana do estado do Kansas.
De acordo com a polícia local, diversas testemunhas que participavam da missa no momento em que o médico foi assassinado deram informações que irão ajudar a localizar o autor dos tiros. Apesar das suspeitas, a polícia não confirma se o homem que atirou pertence a grupos que são contras o aborto.iller era conhecido por realizar abortos em mulheres com gravidez avançada, com mais de 20 semanas de gestação, cujo feto sobreviveria fora do útero. O médico era alvo constante de grupos pró-vida e sua clínica era palco de manifestações por parte destes grupos.
Ativistas anti-aborto estariam insatisfeitos com a decisão de Obama de reverter as restrições para o financiamento público de pesquisas utilizando células-tronco e de grupos que promovem abortos fora dos Estados Unidos.

O Tempo/www.padom.com

Deixe sua opinião

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui