Médica tem convulsões e precisa ser hospitalizada após tomar vacina Covid-19 da Pfizer

Médica toma vacina Covid-19, começa ter convulsões, dificuldade de respirar e erupções na pele, precisa ser internada em UTI.

0
459

Mais de 126.500 pessoas morreram de COVID-19 no México.

As autoridades mexicanas disseram que estão estudando o caso de uma médica de 32 anos que foi hospitalizada após receber a vacina Pfizer-BioNTech COVID-19.

A médica, cujo nome não foi divulgado, foi internada na unidade de terapia intensiva de um hospital público no estado de Nuevo León depois de ter tido convulsões, dificuldade para respirar e erupção na pele.

“O diagnóstico inicial é encefalomielite”, disse o Ministério da Saúde em nota divulgada na noite de sexta-feira. A encefalomielite é uma inflamação do cérebro e da medula espinhal.

O ministério acrescentou que a médica tem histórico de reações alérgicas e disse que não há evidências de ensaios clínicos de que alguém tenha desenvolvido uma inflamação no cérebro após a aplicação da vacina.

Pfizer e BioNTech não puderam ser contatados imediatamente para comentar.

O México começou a distribuir a primeira rodada de vacinas COVID-19 para profissionais de saúde em 24 de dezembro.

Deixe sua opinião

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui