Noticias GospelUm vídeo publicado recentemente pelo pastor Silas Malafaia, líder da Igreja Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC), tem chamado a atenção no meio evangélico, por aparentemente estar querendo fazer ‘as pazes’ com o bispo Edir Macedo da Igreja Universal do Reino de Deus.

Segundo o jornalista Lauro Jardim da Revista Veja, os evangélicos acreditam que Silas Malafaia, tem tentado amenizar as criticas feitas ao Edir Macedo durante a campanha ao governo do Rio de Janeiro, onde Silas Malafaia havia criticado o bispo durante o horário eleitoral de outubro e bateu boca com o bispo Marcelo Crivella, ligado a IURD, durante um debate promovido pela VEJA.

No atual vídeo, Silas Malafaia comenta sobre diversas questões ligadas ao meio evangélico, e traz uma espécie de mea-culpa, pois o pastor diz que “é feio julgar uma pessoa você julgar uma pessoa por um ato errado”, e acrescenta que é natural do ser humano cometer injustiças: “Julgamos os outros com o pior que temos, e julgamos a nós mesmos com o melhor que temos”.

No decorrer do vídeo, Malafaia comenta sobre a época em que tinha boa relação com Macedo, e que foi até visita-lo quando esteve preso e o defendeu na televisão.

“Eu me lembro quando tentaram armar uma perseguição contra a Igreja Universal, que botaram o bispo Edir Macedo na cadeia […] Eu posso ter diferenças, mas a verdade não me peça [para omitir] porque eu tenho diferença com alguém. É normal. Paulo teve diferença com Pedro, com Barnabé. Isso é ser humano. Eu tenho discordâncias com vários líderes, e eles comigo. É um direito. Não os odeio. Botaram o cara [Macedo] na cadeia por pura molecagem. Eu fiquei tão indignado de ver aquilo… Parti pra dentro na TV. Sabe o que me disseram? ‘Malafaia, tu tá ferrado’”, relembrou o pastor assembleiano.

De tudo que aconteceu entre ele e Macedo no decorrer dos anos, Malafaia confessa que : “Eu posso ter a minha diferença que é normal. Só no céu vai haver perfeita harmonia. Algumas coisas da minha vida, se eu voltasse atrás, não faria. Mas se tem uma coisa que eu faria, era defender eles [a Igreja Universal] de novo.”

No final do vídeo Silas Malafaia lamenta o momento delicado que estamos vivendo em nosso país, “estamos vivendo um momento muito delicado” no país, e que “precisamos orar” pela nação: “Na época da eleição, eu botei pra quebrar contra o governo. [O PT] ganhou a eleição? Eu tenho que orar. Não tem jeito, gostando ou não, você tem que orar. É o que a Bíblia manda. Não queremos ver o Brasil no caos”.

Infelizmente, Lauro Jardim, escreve no final de sua postagem que Silas “Malafaia nega que esteja querendo levantar uma bandeira branca para Edir Macedo”.


Portal Padom

Deixe sua opinião