A campanha global de oração, que durou 40 dias, resultou em mais de 700 mulheres desistindo de abortar seus bebês, o que foi comemorado pelos organizadores, agradecendo a Deus por responder às suas orações.

A organização 40 Days for Life (40 Dias pela Vida)  anunciou que cinco funcionários de uma clínica de aborto pararam e mais de 700 bebês ainda não nascidos foram salvos como resultado da campanha “40 days for life” em 855 cidades e 61 países. A campanha anual envolve oração, jejum e vigílias como atos de demonstração pacífica fora das clínicas de aborto.

“Este ano foi o mais importante da história dos 40 dias pela vida”, disse Shawn Carney, presidente e executivo da organização, que conduziu a campanha de 25 de setembro a 3 de novembro e contou com a participação de voluntários em todo os Estados Unidos e mundo. 

“738 vidas foram salvas para nascer, mas tivéssemos salvos apenas um único  bebê, teria valido a pena. ” , disse Sue Thayer, ex-gerente de gigantes do aborto “Planned Parenthood” e atual diretora de divulgação da campanha pela vida.

Alguns dos depoimentos revelam histórias impressionantes de como as mães decidiram salvar seus bebês, mesmo no último minuto antes de abortar.

Em Fort Pierce, Flórida, uma mulher grávida, diz que quando chegou a uma clínica de aborto antes de abrir as portas às 7 da manhã, ela viu uma equipe de oração, orando do lado de fora da clínica, onde eles chegavam às 5 da manhã.

” Oferecemos-lhe uma sacola de presente, um ultra-som gratuito e ajuda durante a gravidez” , escreveu Laurie, voluntária da campanha. “Ela aceitou a sacola de presente e explicou que está esperando gêmeos e decidiu ali mesmo que não mais faria o aborto.”

Em Madison, Wisconsin, uma mulher grávida entrou na clínica da Planned Parenthood, mas rapidamente saiu e disse a um voluntário da campanha: ” Eu preciso de um abraço”. A mulher tinha três filhos em casa e o marido a abandonara.

“Eu vim aqui para agendar uma consulta de aborto duas vezes”, disse a mulher grávida ao voluntário. “Quando cheguei, você disse: ‘Estou orando por você e seu bebê .’ Isso me fez sorrir.”

Voluntárias ’40 Days for Life ‘levaram a mulher a um centro de gravidez para lhe dar o apoio de que precisava”, afirmou a organização.

Deixe sua opinião