JUNTE-SE AO NOSSO GRUPO no Telegram ou WhatsApp. Oferecemos o que há de mais relevante em notícias e conteúdo cristão 🤗

 

Muitos líderes pentecostais estão prevendo que a maior colheita de almas na história ocorrerá em breve. Milhares de pessoas se reuniram em Toronto na semana passada para perguntar a Deus como podem se preparar para participar desse grande reavivamento.

O encontro foi na mesma igreja onde surgiu no ano de 1994 o controverso movimento conhecido como “Bênção de Toronto”. Alguns dizem que o próximo avivamento mundial será como uma enorme onda que se espalhará por toda a Terra.

Entre eles está John Arnott, avivalista que lidera o ministério Partners in Harvest. Ele revelou aos presentes que ele teve uma visão com uma onda muito grande, que ele compara a um tsunami.

Quem compartilha a mesma perspectiva é Heidi Baker, uma missionária que ajudou a iniciar milhares de igrejas em Moçambique e em diferentes partes do mundo. Ela disse à CBN News que também teve uma visão sobre um grande movimento, que ela chama de “onda de glória”.

“Eu vi uma onda e ela estava cheia de rostos. Eu perguntei: Senhor, o que é isso? Aqueles que estão voltando para casa ou aqueles que estão saindo? Eu vi que eles eram os rostos das pessoas que amam a Deus, vêm de todas as tribos, línguas e nações, e que vão até os confins da Terra, anunciando a glória“, afirmou.

Muitos acreditam que o cenário para um reavivamento é impossível no momento em que a descrença parece mais comum do que nunca. Mas o professor de teologia Michael Brown disse à CBN News que ele estudou vários movimentos avivalistas na história, e eles geralmente aconteciam quando parecia que o cristianismo estava “morrendo”.

“Nos momentos em que todo o mundo desprezava a Igreja, desprezavam a Deus, foi então que o despertar espiritual ocorria”, disse Brown. “Então eu realmente acredito que certamente um derramamento em todo o mundo está se aproximando.”

Brown lembra que os cristãos encontraram oposição por insistir na verdade bíblica, não importa o quanto ela seja considerada “politicamente incorreta”. “Precisamos de um novo batismo de amor por este mundo pecaminoso e de um novo batismo da imagem de Jesus em nós, para que possamos verdadeiramente ser como Ele antes deste mundo. Mas também temos que reconhecer que a escuridão sempre odeia a luz “, argumentou Brown. “Temos que parar de tentar agradar as pessoas se quisermos ser aceitos. Precisamos falar a verdade em amor “.

Jesus no centro trás avivamento

Alguns líderes dizem que quando Jesus Cristo estiver no centro, o avivamento será consolidado. “Podemos aumentar nossas vidas de oração; restaurar nossas prioridades e rever como gastamos nosso dinheiro. Em todas essas coisas, ele precisa ser o número um”, disse Arnott.

Segundo ele, um movimento espiritual ocorre quando “você mantém seu coração correto e tem raízes profundas no amor de Deus, preparando-se para receber mais“.

Baker relembra a promessa bíblica: “Ele é nosso Senhor, nosso Salvador, nosso rei, nosso noivo. Queremos elevar seu nome acima de todos os outros. Quando Jesus for levantado, todos os homens serão atraídos para Ele (João 12:32). A missionária diz que tudo começa pequeno: “Faça pequenas reuniões de oração na sua empresa ou na sua escola. Nunca tenha medo de compartilhar seu testemunho”.

Portal Padom

Deixe sua opinião