Mais de 175 líderes cristãos dos EUA, assinaram um compromisso de solidariedade apoiando os cristãos perseguidos em outras partes do mundo.

Dirigentes evangélicos e cristãos ortodoxos, entre eles o cardeal católico Donal Wuerl, se reuniram na manhã desta quarta-feira na capital dos Estados Unidos para o evento. Os signatários incluem também outros lideres da sociedade civil.

Wuerls disse que a igreja não pode permanecer em silêncio, sobre todo quando algumas das comunidades mais antigas da cristandade, como o Egito, Iraque e Síria, são levadas ao exílio ou até mesmo a extinção.

“Muitas vezes eu me pergunto, como é possível que essas coisas podem acontecer?, Quem é que pode estar continuamente concentrado, persistindo em atos de violência dirigida a grupos de pessoas?” Wuerl disse.

“A resposta está brotando. Acontece pelo silêncio que o rodeia”, continua ele. “Isso acontece porque muitos simplesmente permanecem em silêncio.” – cbn

Portal Padom

Deixe sua opinião