Início Textos Edificantes Artigos Ler a Bíblia ‘como uma criança’ mudará sua vida

Ler a Bíblia ‘como uma criança’ mudará sua vida

Leia a Bíblia Sagrada, como uma criança e isso mudará poderosamente a sua vida.

45
Criança lendo a Bíblia
Lucas 18:17. Eu vos asseguro com toda certeza: Quem não receber o Reino de Deus como uma criança, de maneira alguma entrará nele!”.

JUNTE-SE AO NOSSO GRUPO no Telegram ou WhatsApp. Oferecemos o que há de mais relevante em notícias e conteúdo cristão 🤗

Às vezes, um novo olhar para o óbvio produz uma bomba. Aos 20 anos, minha vida foi destruída e reconstruída por um pequeno desafio. Isso poderia mudar a sua também?

Por quinze anos, tenho lançado o mesmo desafio que foi dado às pessoas em todo o mundo: ler a Bíblia como uma criança. Até mesmo Jesus disse: “Quem não receber o reino de Deus como criança, não entrará nele”. Mas o que isso significa? Quer alguém seja um descrente, um novo crente ou um seguidor experiente de Cristo, a Palavra de Deus é essencial – ela é “viva e ativa, mais afiada do que qualquer espada de dois gumes”.

Como ler a Bíblia como uma criança me mudou? Fui criado em um lar amoroso como membro devoto da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias (SUD ou Mórmon). Minha família e eu íamos fielmente à igreja todas as semanas, orávamos juntos, líamos as Escrituras SUD e nos esforçamos ao longo de cada aspecto de nossa vida para viver segundo os princípios de nossa religião. Eu tinha zelo por Deus por meio da obediência às leis e ordenanças de nossa igreja. Apesar da minha piedade, eu não tinha compreensão do evangelho salvador de Cristo.

Mesmo assim, ansiava por intimidade com Deus. Eu ansiava por Seu amor e perdão. Queria demonstrar meu amor por Ele obedecendo aos mandamentos de minha religião, esperando poder estabelecer minha própria justiça por meio de minhas obras. No entanto, como confiei nos líderes de minha religião para me ensinar o que era verdade, mesmo quando li a Bíblia, vi seus ensinamentos pelas lentes da igreja à qual pertencia. Eu tinha noções pré-concebidas.

Aqui estão quatro maneiras pelas quais você pode abordar a Bíblia com os olhos de uma criança.

  1. Remova noções pré-concebidas

Frequentemente, abordamos a verdade com base em uma pressuposição. Vemos Deus, Jesus ou a Bíblia através das lentes de nossa própria experiência pessoal – seja cultural, religiosa ou outra. À medida que envelhecemos, tornamo-nos mais enraizados em nossos pontos de vista e menos moldáveis.

Ler a Bíblia como uma criança significa remover essas noções pré-concebidas sobre quem é Deus, quem é Jesus e o que é a verdade, vendo a Palavra de Deus com novos olhos, como se a estivesse lendo pela primeira vez. Devemos permitir que Deus, por meio do Espírito Santo, nos mostre a verdade. Como diz o Salmo 119:105, “A tua palavra é lâmpada para os meus pés e luz para o meu caminho”.

  1. Aproxime-se de Deus com humildade

Aos 19 anos, embarquei em uma viagem missionária de dois anos para a Igreja SUD. Poucos meses depois de iniciar minha missão, confrontei fervorosamente um ministro batista com a intenção de convertê-lo à minha religião. Em resposta, este pastor amorosamente compartilhou o Evangelho bíblico comigo pela primeira vez em minha vida, testemunhando com ousadia da salvação que vem pela graça por meio da fé, e não pelas obras.

Na conclusão de nosso encontro, esse ministro cristão me desafiou a ler a Bíblia como uma criança, prometendo-me que, se eu o fizesse, meus olhos se abririam e minha vida mudaria para sempre.

Aquele dia de verão mudou a trajetória da minha vida. Deus plantou uma semente do Evangelho em meu coração e então fez crescer aquela semente através da água de Sua Palavra. Ao me aproximar de Deus com humildade, comecei a ver o verdadeiro Evangelho.

Semelhante a ter pressuposições, é muito fácil ser orgulhoso em nossa abordagem a Deus e Sua Palavra. Muitas pessoas pensam que já sabem a verdade e, portanto, não há mais nada a aprender lendo a Bíblia. Este foi o meu coração no início. Não acreditava que pudesse aprender algo da Bíblia que já não conhecesse – não poderia estar mais errado! Seja humilde em sua abordagem da Palavra de Deus e confie que, por meio dela, você ouvirá a verdade. Lembre-se: “Deus se opõe aos orgulhosos, mas dá graça aos humildes”.

  1. Procure a verdade, não importa o custo

Passei os próximos 20 meses em minha missão SUD, lendo apaixonadamente o Novo Testamento diariamente. Nesse tempo, li do começo ao fim 12 vezes. Lentamente, com o tempo, Deus abriu meus olhos para o Evangelho de Jesus Cristo e eu descobri dolorosamente, por meio da Palavra de Deus, que a salvação não poderia ser conquistada por meus méritos religiosos, apenas pela fé nos méritos de Cristo. Conheci a graça e o amor de Jesus Cristo de maneira pessoal e íntima.

Ler como criança pode fazer com que você veja a verdade e isso pode ter um custo. Ao descobrir o Evangelho da graça, perdi uma bolsa de estudos na Universidade Brigham Young, posso ter perdido minha noiva (ela encontrou o verdadeiro Evangelho), perdi o relacionamento de muitos amigos e até mesmo familiares, no início. Mas, a verdade importa acima de tudo.

A verdade pode ter um preço alto. Seguir Jesus, de acordo com Ele, significa perder nossa vida, abandonar nossos desejos mundanos e confiar somente nele para satisfazer nossas necessidades. Quando abordamos as Escrituras com uma fé infantil, estamos dispostos a receber a verdade – e subsequentemente seguir a verdade – a qualquer custo. Para conhecer a Cristo vale a pena perder todas e quaisquer coisas. O testemunho do apóstolo Paulo foi um testemunho poderoso da suficiência de Cristo: “Na verdade, considero tudo como perda, por causa do insuperável valor de conhecer a Cristo Jesus, meu Senhor”.

  1. Confie que a Bíblia é a própria Palavra de Deus

Passei por uma transformação que mudou minha vida e mudou tudo sobre minha própria visão de fé – tudo como um missionário Mórmon – tudo porque fui amorosamente desafiado a ler a Palavra de Deus. Ao ler, passei a crer e confiar no que Deus disse, que eu poderia ser salvo por Sua graça e não por minhas obras.

Eu cresci acreditando na Bíblia, lendo a Bíblia e proclamando a Bíblia como uma porção das Escrituras. No entanto, também fui ensinado que a Bíblia foi parcialmente corrompida, mal traduzida, falível e faltando “verdades claras e preciosas”. Portanto, não confiava que fosse a infalível Palavra de Deus. Para abordar a Bíblia através dos olhos de uma criança, precisamos considerá-la pelo valor de face. Precisamos confiar nela como uma criança confia em seu pai. Afinal, “Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção e para a instrução na justiça, para que o homem de Deus seja apto e plenamente preparado para toda boa obra.”

Por favor, eu imploro, não subestime a beleza da Palavra de Deus! Por meio dela, temos a mensagem de vida eterna – o Evangelho – que é o “poder de Deus para a salvação de todo aquele que crê”. Meu desafio para você, onde quer que você esteja em sua vida, é pegar a Palavra de Deus e ler o Novo Testamento com olhos de uma criança. Fazer isso mudou minha vida para sempre. Também pode mudar sua vida para sempre.

por: Micah Wilder
traduzido e adaptado por: Pb. Thiago D. F. de Lima

Deixe sua opinião