Luanda – Um grupo de sessenta jovens da Igreja Metodista Unida (IMU), dos distritos Luanda Norte e Sul, realizam de 30 de Outubro a 02 de Novembro, do ano em curso, um acampamento de carácter social e evangélico na localidade do Quéssua, província de Malanje. Durante a actividade, segundo Orlando da Cruz, membro da organização do evento, serão doados bens de primeira necessidade à igreja local e ao internato adstrito à própria Igreja Metodista Unida do Quéssua.
Enquadra-se nos objectivos da deslocação, àquela região da província de Malanje, uma campanha de evangelização, visitas às quedas de Kalandula, Pedras Negras de Pungo-a-Ndongo, limpeza e embelezamento dos túmulos de missionários, evangelistas e pastores da IMUA.
Quéssua fica situado a sul da província e dista a cerca de 20 quilómetros da cidade de Malanje, capital da província.
A Missão do Quéssua foi fundada por missionários da Igreja Metodista Americana nos finais do Século XIX. Na região, eles construíram um complexo constituído por igreja, escolas, hospital, habitação para professores e alunos e equipamentos e infra-estruturas destinados à educação e evangelização de jovens angolanos.
Ao longo da sua existência, diversos angolanos, entre políticos, médicos e engenheiros receberam lá formação e educação.
Este é o sexto acampamento dos jovens adultos da IMU dos distritos de Luanda Norte e Sul. Benguela, Kwanza Sul (Gabela), Huíla (Lobito) e Bié são as regiões do país em que o grupo juvenil já se acampou com fins sociais e evangélicos.

Angola Press/Padom

Deixe sua opinião