O jornalista Pedro Doria Analitico, que tem vertente esquerdista e uma coluna no site O Globo, solicitou as redes sociais que façam a mesma coisa que fizeram com o presidente americano Donald Trump, que teve suas contas banidas.

Pedro, sugeriu isso através de sua coluna, ao escrever um texto sob o título “Queridas redes: e Bolsonaro?”

Em seu texto, Pedro ataca ferozmente Donald Trump, afirmando que ele foi eleito pela primeira vez através das redes sociais, utilizando opressão ao povo americano, baseado em fake news.

Disse ainda que Trump, durante os quatro anos de mandato fez das redes sociais o seu palco, sendo que se não fosse através delas ele não teria espaço para disseminar o ódio.

Segundo Pedro Donald “Trump é um político cuja marca é a da divisão. Governou cada dia de seu mandato para os seus atacando os adversários como se fossem inimigos.”

Continuou dizendo que “Ele (Trump), não é um acidente – como outros chefes de Estado eleitos pelo ódio que destilam tampouco são acidentes. Trump é fruto de uma sociedade que se informa por redes. Redes combinadas algoritmos selecionam para mais distribuir, mais apresentar, justamente aquilo que causa mais polêmica, mais irritação, acirra ânimos. São plataformas que geram um estado de permanente indignação. É exatamente o tipo de espaço onde políticos como Trump se proliferam. Noutros tempos, não teria espaço. Calhou de ser agora, neste princípio de tempo digital.”

Pedro culpou Trump, pelo o que ocorreu nos EUA no último dia 06, dizendo que o ataque ao Supremo Americano foi realizado pela externa direita a pedido de Donald Trump.

Embora tenha reclamado de que as redes sociais durante anos não tenha feito nada contra Trump, Pedro elogiou a atitude do Twitter, Facebook, Instagram, Tik Tok e demais redes por ter bloqueado no final desta semana as contas de Trump, insinuando que deveriam fazer o mesmo com o Presidente do Brasil Jair Bolsonaro.

“Pois é hora de perguntamos: vale só para os EUA, ou serve também a Jair Bolsonaro?”, escreveu o jornalista esquerdista.

E terminou sua postagem dizendo, “Pois bem. Facebook, Twitter, YouTube, Snapchat, Twitch: Jair Bolsonaro está há dois anos presidente da República brasileira e segue rigorosamente o exemplo de Trump. Em que momento vai se começar a levar a sério a ameaça que suas mentiras resultantes distribuídas representam para a democracia brasileira?”.

O Deputado Otoni de Paula, disse sobre a postagem de Pedro Doria, algo muito interessante: “Os que dizem defender a liberdade de expressão, defendem só a liberdade deles. O pensamento esquerdista é simples: se as grandes redes sociais são nossas, por que permitir as vozes dissonantes? Os conservadores serão calados nas redes inimigas da verdadeira democracia.”

Deixe sua opinião