Joel Osteen fala sobre homossexualidade com Oprah Winfrey

2
154

O pastor Joel Osteen, se tornou conhecido como ministro positivo e motivador que tem focado nas sutilezas da vida. Apesar de sua popularidade, muitas vezes é criticado por alguns religiosos que discordam de sua teologia.

Mas quando se trata de pecado, é algo que Osteen diz que acredita, mas que raramente discute em seus sermões, o líder da fé é muitas vezes alvo por não abordar a questão freqüentemente ou regularmente.

No fim do ano passado a popular apresentadora de televisão Oprah Winfrey, entrevistou o pastor em seu novo programa onde o pastor aprofundou seus pontos de vista sobre a homossexualidade e pecado.

“Uma pessoa gay será aceita no céu, do seu ponto de vista?”, perguntou Oprah ao pastor. “Eu acho que sim”, disse ele  afirmando também que Deus acolhe a todos que se arrependem de seus pecados.. “A acredito que você tem que ter o perdão pelos seus pecados, mas às vezes nós [cristãos] , vemos a homossexualidade como um pecado maior do que os do orgulhosos e dos que não dizem a verdade.. Eu não acredito que Deus tenha categoria de pecados.”

Osteen deixou claro que acredita que a homossexualidade é um pecado. Mas Oprah o pressionou um pouco mais para solidificar a sua declaração, perguntando: “Quer dizer que você está dizendo que você acredita que ser gay é pecado?”.

“Eu acredito que o homossexualismo é retratado como um pecado nas Escrituras”, disse ele. “Oprah é uma coisa difícil em certo sentido, porque eu sou para todos. Não estou contra ninguém. Não acho que ninguém seja de segunda classe”, Osteen continuou, explicando a mensagem da Bíblia sobre o assunto, em seu ponto de vista é claro.

O ponto principal de que Osteen se refere ao assunto, é que a homossexualidade, deve ser considerada pecado, não sendo diferente de qualquer outra ofensa. De sua opinião, não deveria ser colocada por cima de outros pecados cometidos pelos indivíduos.

Osteen deu declarações semelhantes ao apresentador Piers Morgan da CNN em outubro do ano passado, se tornando noticia por dizer que , por respeito assistiria um casamento gay em apoio a um amigo próximo ou um parente.

Portal Padom

Com informações de Mundo Cristiano

Deixe sua opinião

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui