JUNTE-SE AO NOSSO GRUPO no Telegram ou WhatsApp. Oferecemos o que há de mais relevante em notícias e conteúdo cristão 🤗

Jesus e o filho da viuva
Logo depois, Jesus foi a uma cidade chamada Naim, e com ele iam os seus discípulos e uma grande multidão. Ao se aproximar da porta da cidade, estava saindo o enterro do filho único de uma viúva; e uma grande multidão da cidade estava com ela.
Ao vê-la, o Senhor se compadeceu dela e disse: “Não chore”. Depois, aproximou-se e tocou no caixão, e os que o carregavam pararam. Jesus disse: “Jovem, eu lhe digo, levante-se!”
O Jovem (o morto) sentou-se e começou a conversar, e Jesus oentregou à sua mãe. Todos ficaram cheios de temor e louvavam a Deus. “Um grande profeta se levantou entre nós”,diziam eles. “Deus interveio em favor do seu povo.” Essas notícias sobre Jesus espalharam-se por toda a Judéia e regiõescircunvizinhas. Lucas 7:11-17
Os pranteadores não o fizeram parar. Nem a grande multidão,ou sequer o corpo do homem morto numa padiola. Foi a mulher — o olhar no rosto dela e a vermelhidão dos olhos. Elesoube imediatamente o que estava acontecendo. O filho dela é que estava sendo levado, seu único filho. E se há alguém que conhece a dor que vem da perda de um filho único, esse alguém é Deus.
Ele então agiu. “Não chores” disse à mãe. “Levanta-te” ordenou ao jovem. O morto falou, o diabo fugiu, e o povo foi lembrado desta verdade: Para os que conhecem o Autor da Vida, a morte não é mais que uma ilusão de Satanás.

por – Max Lucado, do livro “Deus Chegou Mais Perto”

Hermeneutica / Portal Padom

Deixe sua opinião

JUNTE-SE AO NOSSO GRUPO no Telegram ou WhatsApp. Oferecemos o que há de mais relevante em notícias e conteúdo cristão 🤗